Receba as notícias:

Novas descobertas sobre os grandes dinossáurios carnívoros
que viveram em Portugal há 140 milhões de anos

Estudo liderado pela investigadora Elisabete Malafaia

2014-05-09
Durante os trabalhos (clique para ampliar)
Durante os trabalhos (clique para ampliar)
Na sequência da revisão das colecções de paleontologia da Sociedade de História Natural (SHN), foram encontrados fósseis, provenientes da praia de Valmitão (Lourinhã), que podem ser atribuídos a um dinossáurio carnívoro terópode, estreitamente relacionado ao género Ceratosaurus do Oeste dos Estados Unidos. A presença deste dinossáurio em Portugal tinha sido proposta com base em elementos escassos de um único indivíduo, descrito no ano de 2000, e na análise de alguns dentes isolados.

Nova espécie de dinossauro encontrado em Portugal
é o maior predador terrestre da Europa

2014-03-05
Uma nova espécie de dinossauro descoberta em Portugal é o maior dinossauro carnívoro do Jurássico e do maior predador terrestre descoberto na Europa, indica estudo de paleontólogos da FCT-Universidade Nova de Lisboa. Torvosaurus gurneyi, um primo distante do Tyrannosaurus rex, estava no auge da cadeia alimentar na Península Ibérica 150 milhões de anos .

Material pertencente a este dinossauro foi descoberto 70 km ao norte de Lisboa e pensado para ser Torvosaurus tanneri , uma espécie da América do Norte . Primeiro foi encontrado um osso da perna, posteriormente, noutro local, um maxilar superior, dentes, e uma vértebra da cauda por um amador e doado ao Museu da Lourinhã. O dinossauro foi estimado atingir dez metros de comprimento e peso de quatro a cinco toneladas.

Primata mais primitivo que se conhece achado na China

O 'Archicebus achilles' é sete milhões de anos mais antigo do que os primatas que se conheciam

2013-06-06
Reconstrução artística do “Archicebus achilles”. (Imagem: Xijun Ni, Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia da Academia Chinesa de Ciências)
Reconstrução artística do “Archicebus achilles”. (Imagem: Xijun Ni, Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia da Academia Chinesa de Ciências)

Na província chinesa Hubei, onde outrora – há 55 milhões de anos – havia um lago, foi descoberto o esqueleto fossilizado quase completo de um primata minúsculo, o mais antigo encontrado até agora.

O Archicebus achilles media 70 milímetros e tinha entre 20 a 30 gramas de peso. Através do estudo realizado, agora publicado na «Nature», os investigadores do Instituto de Paleontologia de Vertebrados e Paleoantropologia da Academia Chinesa de Ciências e de várias instituições norte-americanas, descobriram que o pequeno animal alimentava-se de insectos, teria uma boa visão para a caça e uma actividade mais diurna do que nocturna.

Ovos e embriões dos terópodes mais primitivos
do mundo achados na Lourinhã

Equipa internacional liderada pelo paleontólogo Ricardo Araújo
revela descoberta única

2013-06-05
Por Luísa Marinho

Ricardo Araújo
Ricardo Araújo
É na Formação da Lourinhã que estão os ovos e embriões de dinossauros terópodes mais primitivos encontrados até hoje. Em conversa com o «Ciência Hoje», o paleontólogo Ricardo Araújo (Southern Methodist University, EUA, e GEAL – Museu da Lourinhã), um dos responsáveis pelo estudo agora publicado na «Scientific Reports», da «Nature», explica que nunca tinham sido descobertos ovos de torvossauro com material juvenil ou embriões, como é o caso.

O torvossauro pertence à família Megalosauridae, um grupo de dinossauros a que chamamos basais, pois estão na base da árvore filogenética dos dinossauros”, explica. O Torvosaurus tinha já sido descrito na Formação de Morrison, nos Estados Unidos, tendo sido posteriormente encontrados vestígios seus em Portugal.

Descobertos pela primeira vez
ovos e embriões de megalossaurídeos

Paleontólogos portugueses demonstram que Formação da Lourinhã continua a ser fonte de importantes novidades

2013-05-31
Terópode megalossaurídeo cuidando do seu ninho. O Torvosaurus é um membro basal (“primitivo”)  dos dinossauros terópodes (predominantemente carnívoros) cujos vestígios têm sido encontrados em Portugal
Terópode megalossaurídeo cuidando do seu ninho. O Torvosaurus é um membro basal (“primitivo”) dos dinossauros terópodes (predominantemente carnívoros) cujos vestígios têm sido encontrados em Portugal

Na Formação da Lourinhã foram descobertos ossos de embriões numa postura de ovos esmagados, provenientes do Jurássico Superior. A descoberta, publicada esta semana na revista «Scientific Reports», da editora Nature, representa a primeira ocorrência de ovos e embriões de um grupo de dinossauros conhecido como megalossaurídeos e vem preencher uma lacuna na árvore da vida entre dois grupos de dinossauros carnívoros (terópodes) bastante distantes.

O Museu da Lourinhã, fundado e mantido pelo GEAL – Grupo de Etnologia e Arqueologia da Lourinhã, possuía já outros fósseis de Torvossauro, aos quais agora se juntam ovos e embriões da mesma espécie, o que em si mesmo representa um acervo importantíssimo, dadas as possibilidades de estudo mais pormenorizado sobre o desenvolvimento destes animais há muito extintos.

Descoberta de sangue de mamute
aumenta possibilidades de clonagem

Projecto da Universidade de Iakutsk e do investigador Hwang Woo-suk ganha novo alento

2013-05-30
Mamute lanoso
Mamute lanoso

Uma equipa de cientistas russos encontrou sangue na carcaça congelada de um mamute recuperado numa ilha do Árctico. Esta descoberta aumenta significativamente as possibilidades de clonar este animal pré-histórico.

Numa expedição realizada no princípio deste mês pela Sociedade Geográfica Russa e especialistas da Universidade Federal do Nordeste (Sibéria Oriental) foi possível examinar os restos bem conservados desta fêmea de mamute-lanoso (Mammuthus primigenius), que tinha sido localizada em Agosto passado em Maly Liajovski, Oceano Árctico russo.

Estudo refere que aves primitivas tinham quatro asas

Uma equipa de paleontólogos chineses encontrou fósseis bem conservados

2013-03-21
O 'Sapeornis' é um dos fósseis descritos no estudo
O 'Sapeornis' é um dos fósseis descritos no estudo
Segundo um artigo publicado na revista «Science», as aves primitivas teriam quatro asas. Uma equipa de paleontólogos chineses encontrou fósseis bem conservados de diferentes espécies que apresentam longas penas nos membros traseiros. 

Xing Xu e os seus colegas apresentaram amostras de 11 espécimes de aves primitivas e defendem que o processo evolutivo deve ter feito com que os pares de asas traseiras dessem lugar a patas.

Paleontólogo Mark Norell dá palestra
na Universidade Nova de Lisboa

A evolução dos dinossauros e a origem das aves são temas abordados

2013-03-20
Mark Norell
Mark Norell
No dia 21 de Março, pelas 14h30, no Auditório da Biblioteca da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, decorre a palestra “The assembly of birds new clues from the fossil record”, proferida pelo paleontólogo norte-americano Mark Norell.

Os camelos gigantes que habitaram o Árctico

Investigadores sugerem que este mamífero viveu há 3,4 milhões de anos a altas latitudes

2013-03-06

Seriam assim os camelos gigantes que habitaram o Árctico
Seriam assim os camelos gigantes que habitaram o Árctico
O estudo de 30 fragmentos fósseis descobertos no Árctico por investigadores do Museu Canadiano da Natureza, na ilha Ellesmere (Nunavut, Canadá), revela que há 3,4 milhões de anos viviam naquela zona camelos gigantes. Nunca até agora se tinha achado restos deste animal em latitudes tão altas.

Os fósseis foram recolhidos entre 2006 e 2010 e remontam à época do Plioceno médio. Outros fósseis encontrados no local próximo sugerem que este camelo viveu num ambiente de floresta boreal durante a fase de aquecimento global do planeta. O tamanho dos fósseis indica que o animal media, aproximadamente, 2,7 metros desde as patas aos ombros, 30 por cento mais do que os camelos actuais.

Descoberta espécie pré-histórica de tubarão de água doce

Foi encontrada na bacia de Lima Campos, Brasil

2013-02-21
Planohybodus marki
Planohybodus marki
Um grupo de paleontólogos brasileiros do Laboratório de Paleontologia de Vertebrados da Universidade Federal do Rio Grande do Sul encontrou recentemente vestígios de uma nova espécie de tubarão de água doce nas bacias do Ceará e que terá habitado a região há 130 milhões de anos. A descrição da espécie, publicada na revista especializada «Cretaceous Research», baseou-se nos dentes.

A espécie foi encontrada na bacia de Lima Campos, que fica a cem quilómetros a Norte da região do Araripe – principal sítio arqueológico da região e famoso no mundo pela qualidade dos fósseis –, onde também foram encontrados sinais da sua presença.

Investigadores dão forma
a antepassado comum dos mamíferos

Estudo publicado na «Science» refuta tese de que mamíferos se desenvolveram no tempo dos dinossauros

2013-02-07
Seria assim o antepassado comum dos mamíferos placentários
Seria assim o antepassado comum dos mamíferos placentários

Uma equipa internacional de investigadores conseguiu reconstruiu o antepassado comum dos mamíferos placentários, grupo que é hoje extremamente diversificado e que inclui tanto roedores como baleias e, claro, os humanos. Os cientistas utilizaram o maior conjunto de dados existente de características físicas e genéticas.

Publicado ontem na «Science», o estudo revela que, ao contrário do que defendiam teorias anteriores, os mamíferos placentários não se diversificaram nas linhagens actuais antes do evento que levou à extinção dos dinossauros não voadores e de 70 por cento das espécies que existiam (há 65 milhões de anos).

Descoberto dinossauro com penas datado do Jurássico Superior

A espécie encontrada acrescenta conhecimento sobre a origem das aves

2013-01-25
Por Sara Pelicano (imagem: Royal Belgian Institute of Natural Sciences)
Reconstrução do Eosinpteryx.
Reconstrução do Eosinpteryx.
A espécie foi encontrada no nordeste da China e designada por Eosinpteryx. O Ciência Hoje falou com paleontólogo português Octávio Mateus que explicou: “Sabemos que as aves descendem de dinossauros carnívoros chamados terápodos, mas aqueles que conhecemos com penas são do Período Cretáceo, mais recente. Este agora descoberto é bem mais antigo, na verdade é da altura do Jurássico superior, com cerca de 150 milhões de anos”.

Luís Mendes investiga fósseis em âmbar
que contam história da biodiversidade

2013-01-15
Por Sara Pelicano
Luís Mendes estuda os fósseis de âmbar emprestados por G. Poinar Jr., da Oregon State University, nos EUA, e por J. Wunderlich do Laboratório de Aracnologia de Hirschberg, na Alemanha.
Luís Mendes estuda os fósseis de âmbar emprestados por G. Poinar Jr., da Oregon State University, nos EUA, e por J. Wunderlich do Laboratório de Aracnologia de Hirschberg, na Alemanha.
Os raios de sol de Inverno encadeiam ao incidirem sobre o rio Tejo. Próximo da zona ribeirinha de Lisboa localiza-se a unidade de Zoologia do Jardim Botânico Tropical do Instituto de Investigação Científica Tropical, num edifício do século XVIII. Aí, entre muitas outras, estão preservadas as colecções de animais obtidos desde os anos quarenta do século passado em especial em África. Vamos ao encontro de Luís Mendes, investigador dedicado ao estudo dos insectos.

“Kaatedocus siberi” é uma nova espécie de dinossauro

A descoberta é de investigadores da Universidade Nova de Lisboa

2012-12-17
Por Sara Pelicano
Octávio Mateus e Emanuel Tschopp são investigadores na Universidade Nova de Lisboa.
Octávio Mateus e Emanuel Tschopp são investigadores na Universidade Nova de Lisboa.
No estado norte-americano do Wyoming, uma equipa de investigadores suíços, liderada por Hans-Jakob “Kirby” Siber, descobriu, em 1991, as ossadas de um dinossauro. Em 2012, Octávio Mateus e Emanuel Tschopp, investigadores da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa, identificam as ossadas como uma nova espécie que designaram por “Kaatedocus siberi”.

Fóssil de rinoceronte em cinzas vulcânicas
com 9 milhões de anos

Achado muito raro está publicado na «Plos One»

2012-11-23
Esqueleto com 9 milhões de anos
Esqueleto com 9 milhões de anos

Investigadores da Universidade de Montpellier (França) identificaram um crânio de rinoceronte que morreu durante uma erupção vulcânica há 9,2 milhões de anos. O estudo está publicado na «Plos ONE». O fóssil, encontrado na Turquia, é de um grande rinoceronte de dois cornos, comum na região do Mediterrâneo oriental naquele período.

Segundo a equipa de investigação, liderada por Pierre-Olivier Antoine, as características pouco vulgares do crânio conservado sugerem que o animal morreu a temperatura próximas dos 500 graus, num fluxo vulcânico similar ao da erupção do Monte Vesúvio (Itália, ano 79 d.C.).

Maior dinossauro encontrado no Canadá já está descrito

Espécie foi baptizada como 'Xenoceratops foremostensis'

2012-11-13
'Xenoceratops foremostensis' (créditos: Julius T. Csotonyi)
'Xenoceratops foremostensis' (créditos: Julius T. Csotonyi)

A partir de restos conservados no Museu Canadiano da Natureza, em Ottawa (Canadá), desde 1958, uma equipa de cientistas descobriu uma nova espécie de dinossauro. Foi baptizada como Xenoceratops foremostensis e faz parte da família dos Ceratopsidae, grupo de grandes dinossauros herbívoros com cornos.

Dinossauros que usavam penas como os pavões

O 'Ornithomimus edmontonicus' encontrado no Canadá tinha penas mas não voava

2012-10-27
'Ornithomimus edmontonicus'
'Ornithomimus edmontonicus'

Viveu há 75 milhões de anos no território que é hoje o Canadá. Era um dinossauro veloz e o seu aspecto lembra a avestruz, com um crânio pequeno e um pescoço longo. Uma equipa de paleontólogos encontraram três indivíduos do mesmo mesmo grupo dos Ornithomimosauria e baptizaram a espécie como Ornithomimus edmontonicus.

A sua análise permitiu formular outra hipótese sobre a origem e a função das penas que cobriam os dinossauros que não voavam. As conclusões do estudo estão publicadas na «Science».

Dinossauro herbívoro com dentes de vampiro

Espécie foi recentemente descrita por Paul Sereno na «ZooKeys»

2012-10-04



Tinha bico de papagaio e presas de vampiro. Pesava menos do que um gato doméstico e estava coberto de pelos parecidos com os do porco-espinho. O 'Pegomastax africanus' foi um dinossauro herbívoro que habitou o planeta há 200 milhões de anos, quando a Pangea estava já a dividir-se.

Monstro pré-histórico trazido à vida em 3D

Reconstrução tridimensional de molusco com 390 milhões de anos

2012-09-21
Molusco pertence à espécie Protobalanus spinicoronatus
Molusco pertence à espécie Protobalanus spinicoronatus
Uma equipa de investigadores da Universidade do Texas, em Austin (EUA) – em colaboração com uma empresa dinamarquesa, especializada em criar bonecos e modelos de animais vivos e já extintos –, fez uma reconstrução tridimensional (3D) de um molusco pré-histórico, baseando-se num fóssil.

O animal corresponde a um ‘multiplacaphoran’ (da espécie Protobalanus spinicoronatus) com cerca de três centímetros, tem formato oval e vivia em ambientes marinhos. O fóssil a partir do qual se baseou a recriação tem mais de 390 milhões de anos e foi descoberto em 2001 em Ohio e doado ao Museu de História Natural de Cincinnati.

Temos um pouco de Neandertal e de Denisovano

2012-08-31
A caverna de Desinova onde se o hominídeo foi encontrado
A caverna de Desinova onde se o hominídeo foi encontrado
A equipa de arqueólogos russos que descobriu dois molares e uma falange de um dedo fossilizados, em 2008, na gruta de Desinova dos montes Altaï, no Sul da Sibéria, retomaram recentemente as análises genéticas que revelaram conclusões surpreendentes.

Segundo os investigadores, os fósseis datam de entre 80 mil e 50 mil anos. As análises realizadas pelo grupo de trabalho revelaram que a falange pertenceu a uma criança de sete anos e o estudo genético mostrou que pertencia a um novo ramo de hominídeo – distinto do homem moderno (homo sapiens) e do homem Neandertal.

Foi identificado o dinossauro vegetariano
mais pequeno da Península Ibérica

Gideonmantellia pesava apenas 20 quilos

2012-08-30
Os restos do Gideonmantellia (Imagem: Aragosaurus-Iuca)
Os restos do Gideonmantellia (Imagem: Aragosaurus-Iuca)
Uma equipa da Universidade de Zaragoza (Espanha) identificou o dinossauro vegetariano mais pequeno da Península Ibérica, com dois metros de altura e apenas 20 quilos, baseada em fósseis encontrados em 1982, em Galve, província espanhola de Teruel.

O animal, baptizado de Gideonmantellia – uma homenagem ao naturalista britânico Gideon Mantell, pela sua investigação pioneira em saurópodes –, foi descrito e analisado pelo grupo de investigação Aragosaurus-Iuca, que se centrou na análise de 104 restos fossilizados.

Micro-tomografia facilita estudo de fósseis de dinossauro

Técnica é aplicada ao espólio do Museu da Lourinhã

2012-08-19
Por Susana Lage
Rui Martins
Rui Martins
A micro-tomografia de raios-X por radiação de sincrotrão é uma técnica não destrutiva que permite analisar ao pormenor a morfologia interna dos fósseis e que está a ser usada para um estudo no Museu da Lourinhã.

Durante a experiência, realizada por Rui Martins, Rui Castanhinha, Octávio Mateus e Ricardo Araújo, o fóssil é rodado sobre si próprio sendo exposto consecutivamente ao feixe de sincrotrão. A intensidade do feixe que atravessa o fóssil, e que é registada, é dependente dos materiais que constituem o fóssil. Para cada posição de estudo obtém-se uma imagem bidimensional.

Existiram três espécies diferentes de hominídeos
durante o paleolítico

2012-08-09
Meave Leakey e o marido <br> (Imagem: Turkana basin)
Meave Leakey e o marido
(Imagem: Turkana basin)
Três espécies distintas de hominídeos, cada um com uma aparência e cultura própria, viveram lado a lado durante milhares de anos, na África Oriental, há 1,9 milhões de anos, segundo atesta um novo estudo publicado hoje na «Nature».

Uma equipa de investigadores do Instituto da bacia Turkana, em Nairóbi (Quénia), liderada pela paleontóloga Meave Leakey, encontrou fragmentos fósseis de crânios e mandíbulas pertencentes a três indivíduos diferentes, em Koobi Fora, e defende que coincidem com outro crânio, apelidado de KNM-ER 1470, encontrado nos anos 1970.

Espécie de pica-pau mais antiga de África
baptizada em homenagem a Nelson Mandela

Fósseis do 'Australopicus nelsonmandelai' foram descobertos por investigadores franceses e alemães

2012-07-18
Fósseis do 'Australopicus nelsonmandelai'
Fósseis do 'Australopicus nelsonmandelai'

A espécie de pica-pau mais antiga de África, que viveu naquele continente há cinco milhões de anos e que foi recentemente descoberta em registo fóssil, acaba de receber um nome científico em homenagem a Nelson Mandela, primeiro presidente negro da África do Sul e figura cimeira no combate ao apartheid, que completa hoje 94 anos.

O Australopicus nelsonmandelai foi descoberto por investigadores franceses e alemães durante escavações naquele país, nomeadamente no sítio paleontológico de Langebaanweg, sudoeste da África do Sul. A espécie está descrita no «Journal of Vertebrate Paleontology».

Dinossauros podem ter sido animais de sangue quente

Novo estudo analisa linhas de paragem de crescimento dos actuais mamíferos ungulados

2012-06-28

"Os tecidos dos ossos de dinossauro são indistinguíveis dos tecidos dos actuais ruminantes endotérmicos", dizem os investigadores
Há várias décadas que os paleontólogos discutem se a fisiologia dos dinossauros (não voadores) eram semelhantes aos actuais répteis de sangue frio ou aos mamíferos de sangue quente. A análise de estruturas dos ossos parecidas aos anéis de crescimento das árvores em dinossauros fez com que predominasse a hipótese de que estes animais eram répteis de sangue frio (ectotérmicos). Necessitavam, assim, de energia do exterior para realizar as suas funções vitais da mesma forma que os lagartos e as cobras actuais necessitam do calor do Sol para viver.

Investigadores da Universidade Autónoma de Barcelona descobriram novas pistas que podem ajudar a desvendar o mistério e que contrariam os estudos dos últimos anos.  

Argentinos descobrem 300 fósseis de animais pré-históricos

Vestígios encontrados em Marcos Paz estão em bom estado de conservação

2012-04-19
Leopoldo Soibelzon, Universidade de La Plata (Argentina).
Leopoldo Soibelzon, Universidade de La Plata (Argentina).
Uma equipa de investigadores argentinos descobriu, em duas pedreiras, nas imediações de Buenos Aires, perto de 300 fósseis de animais pré-históricos “bem conservados”, segundo fontes oficiais.

Entre os vestígios que foram encontrados por especialistas da Universidade Nacional de La Plata, na localidade de Marcos Paz, a 40 quilómetros da capital argentina, estavam fósseis de uma cria de gliptodonte e de uma manada completa de mastodontes, espécie que tem parentesco com os elefantes modernos.

Ancestral de baleia beluga vivia em águas temperadas

2012-03-27
A baleia beluga vive nas águas do Árctico.
A baleia beluga vive nas águas do Árctico.
Jorge Velez-Juarbe e Nicholas Pyenson, uma equipa de dois paleontólogos do Instituto Smithsonian (EUA), descobriu uma espécie ancestral da baleia beluga, que vivia em águas temperadas há entre três a quatro milhões de anos. Actualmente, esta espécie habita nas águas frias em torno do círculo polar árctico e, segundo o estudo publicado no «Journal of Vertebrate Paleontology», as belugas e os narvais adaptaram-se a águas frias mais recentemente.

A espécie ancestral foi analisada a partir de um crânio completo, encontrado em 1969 na Virgínia, nos Estados Unidos. A equipa fez comparações anatómicas do fóssil com esqueletos de belugas e confirmaram que se tratava de uma nova espécie de baleia sem dentes – o actual. O animal, que recebeu o nome de Bohaskaia monodontoides, vivia no clima temperado da Virgínia.

Espécie extinta de mocho foi descoberta na Madeira

Otus mauli desapareceu devido à chegada de seres humanos à ilha portuguesa

2012-03-23
Ilustração do mocho europeu comum (esq) e as espécies extintas Otus Mauli da Madeira. Créditos: Pau Oliver
Ilustração do mocho europeu comum (esq) e as espécies extintas Otus Mauli da Madeira. Créditos: Pau Oliver
Uma equipa internacional de cientistas descobriu um novo tipo de fóssil de mocho d’orelhas, a primeira ave extinta no arquipélago da Madeira. Com o nome de Otus mauli, a primeira ave de rapina nocturna descrita na área vivia em terra e extinguiu-se devido à chegada de seres humanos à ilha.

“Tem pernas longas e asas ligeiramente mais curtas que a espécie de coruja europeia continental de onde deriva”, explica Josep Antoni Alcover, um dos autores do estudo e investigador do Instituto Mediterrâneo de Estudos Avançados (IMEDEA).

Salamandra do tempo dos dinossauros

Encontrada na China, esta 'nova' espécie viveu há 157 milhões de anos

2012-03-13
Cabeça da 'Beiyanerpeton jianpingensis'
Cabeça da 'Beiyanerpeton jianpingensis'

Uma equipa de investigadores liderada por Ke-Qin Gao, da Universidade de Pequim, encontrou na província de Liaoning, nordeste da Chuna, o fóssil de um esqueleto praticamente completo de uma salamandra que viveu há 157 milhões de anos, no tempo dos dinossauros do Jurássico Superior.

Segundo o estudo já realizado e publicado na «PNAS», este animal é o mais antigo que se conhece da subordem Salamandroidea. A espécie foi baptizada como Beiyanerpeton jianpingensis.

Pulgas do Jurássico eram ‘gigantes’ e não saltavam

Parasitas ancestrais atingiam 20 milímetros e tinham a boca em forma de sifão

2012-03-01
As pulgas modernas medem em média 3,5 milímetros (Crédito: D. Huang et al, Nature)
As pulgas modernas medem em média 3,5 milímetros (Crédito: D. Huang et al, Nature)
Os antepassados das pulgas actuais foram descobertos por cientistas franceses na China, revela a revista Nature. Tratam-se de parasitas 'gigantes' que não saltavam.

A equipa de André Nel, entomólogo do Museu de História Natural de Paris, encontrou nove fósseis nas províncias chinesas de Daohugou, Mongólia Interior e Liaoning, que datam de duas épocas diferentes: do Jurássico Médio e do Cretáceo Inferior.

T. Rex teve a mandíbula mais forte da história

Cada dente do tiranossauro exercia uma pressão de seis toneladas

2012-02-29
Modelo tridimensional do crânio do T.Rex a simular uma dentada (Créditos: Biology Letters)
Modelo tridimensional do crânio do T.Rex a simular uma dentada (Créditos: Biology Letters)
O Tiranossauro Rex teve a dentada mais forte do que qualquer criatura terrestre, revela um estudo publicado hoje na revista Biology Letters.

A investigação, realizada por uma equipa de cientistas da Universidade de Liverpool, Inglaterra, concluiu que cada um dos dentes do T. Rex exercia uma pressão de seis toneladas, o peso de um elefante. Já a mandíbula humana exerce uma pressão de entre 70 e 100 quilos por dente.

Encontrada tartaruga do tempo dos dinossauros
ainda desconhecida

A espécie 'Polysternon isonae' habitou o que é hoje sul de França e Península Ibérica

2012-02-24
Reconstituição da tartaruga 'Polysternon isonae' pelo ilustrador científico Oscar Sanisidro
Reconstituição da tartaruga 'Polysternon isonae' pelo ilustrador científico Oscar Sanisidro

Uma equipa de paleontólogos descobriu em Isona i Conca Dellà (Pallars Jussà, Pre-pirineo de Lleida, Catalunha), os restos fossilizados de uma espécie de tartaruga até agora desconhecida que viveu no tempo dos dinossauros e com eles se extinguiu no final do Cretáceo.

Os investigadores do Instituto Catalão de Paleontologia Miquel Crusafont, do Museu da Conca Dellà e da Universidade Autónoma de Barcelona, responsáveis pelo estudo, baptizaram a espécie como Polysternon isonae. O estudo está publicado na revista «Cretaceous Research».

Portugueses descobrem ser vivo mais antigo à face da Terra

Posidónias oceânicas com dez mil e cem mil anos

2012-02-14
 Crescimento da planta é lento e pode levar 600 anos a cobrir 80 quilómetros. (Imagem: UAlg)
Crescimento da planta é lento e pode levar 600 anos a cobrir 80 quilómetros. (Imagem: UAlg)
Uma equipa científica luso-espanhola acaba de revelar a descoberta, no Mar Mediterrâneo, do ser vivo mais velho da Terra, uma planta marinha que terá pelo menos 100 mil anos, segundo disse hoje uma das autoras da investigação. A descoberta foi publicada na semana passada na revista «Public Library of Science One» (PloS One) e refere-se a um trabalho científico que decorreu entre 2005 e 2009, tendo por objecto a Posidónia oceânica.

“Descobrimos espécimes da Posidónia oceânica que poderão ter entre dez mil e 100 mil anos e possivelmente mais. Nunca se tinha encontrado na Terra um ser com uma idade tão avançada”, garantiu a investigadora Ester Serrão, do Centro de Ciências do Mar da Universidade do Algarve, que liderou a equipa portuguesa.  O trabalho científico tinha como objectivo medir a área abrangida por um mesmo indivíduo daquela espécie, de forma a calcular a sua idade, com base no conhecimento de que a taxa de crescimento da espécie é de quatro centímetros ao ano.

Investigadores recriam canto de grilo do Jurássico

Cientistas tiveram em conta o ambiente acústico daquele período e local

2012-02-10



Não é fácil reconstruir comportamentos de espécies de animais já extintas, principalmente no que se refere à natureza e origens da comunicação acústica. Mas num estudo publicado agora na «Proceedings of the National Academy of Sciences» (PNAS), uma equipa de cientistas revela como seria o canto do Archaboilus musicus, um extinto Tettigoniidae (um tipo de grilo) que viveu durante o Jurássico, há 165 milhões de anos.

Descoberto o mais antigo viveiro de dinossauros

Escavações revelam série de ninhos com ovos e embriões de Massospondylus

2012-01-26
As ninhadas de Massospondylus são prova dos mais antigos ovos e embriões de dinossauro (University of  Witwatersrand)
As ninhadas de Massospondylus são prova dos mais antigos ovos e embriões de dinossauro (University of Witwatersrand)
Acaba de ser descoberto, na província sul-africana do Free State, o mais antigo viveiro de dinossauros, com ovos, alguns contendo embriões, datado de há 190 milhões de anos, afirma um grupo de paleontólogos da Universidade de Witwatersrand, Joanesburgo.

No local, descrito como o Golden Gate Highlands National Park, que tem estado a ser escavado e estudado desde 2005 por uma equipa liderada por Bruce Rubidge, do Instituto Bernard Price da Universidade de Witwatersrand, foram encontradas ninhadas de Massospondylus.

Todas as notícias desta secção:

Novas descobertas sobre os grandes dinossáurios carnívoros
que viveram em Portugal há 140 milhões de anos (2014-05-09)

Nova espécie de dinossauro encontrado em Portugal
é o maior predador terrestre da Europa (2014-03-05)

Primata mais primitivo que se conhece achado na China (2013-06-06)
Ovos e embriões dos terópodes mais primitivos
do mundo achados na Lourinhã (2013-06-05)

Descobertos pela primeira vez
ovos e embriões de megalossaurídeos (2013-05-31)

Descoberta de sangue de mamute
aumenta possibilidades de clonagem (2013-05-30)

Estudo refere que aves primitivas tinham quatro asas (2013-03-21)
Paleontólogo Mark Norell dá palestra
na Universidade Nova de Lisboa (2013-03-20)

Os camelos gigantes que habitaram o Árctico (2013-03-06)
Descoberta espécie pré-histórica de tubarão de água doce (2013-02-21)
Investigadores dão forma
a antepassado comum dos mamíferos (2013-02-07)

Descoberto dinossauro com penas datado do Jurássico Superior (2013-01-25)
Luís Mendes investiga fósseis em âmbar
que contam história da biodiversidade (2013-01-15)

“Kaatedocus siberi” é uma nova espécie de dinossauro (2012-12-17)
Fóssil de rinoceronte em cinzas vulcânicas
com 9 milhões de anos (2012-11-23)

Maior dinossauro encontrado no Canadá já está descrito (2012-11-13)
Dinossauros que usavam penas como os pavões (2012-10-27)
Dinossauro herbívoro com dentes de vampiro (2012-10-04)
Monstro pré-histórico trazido à vida em 3D (2012-09-21)
Temos um pouco de Neandertal e de Denisovano (2012-08-31)
Foi identificado o dinossauro vegetariano
mais pequeno da Península Ibérica (2012-08-30)

Micro-tomografia facilita estudo de fósseis de dinossauro (2012-08-19)
Existiram três espécies diferentes de hominídeos
durante o paleolítico (2012-08-09)

Espécie de pica-pau mais antiga de África
baptizada em homenagem a Nelson Mandela (2012-07-18)

Dinossauros podem ter sido animais de sangue quente (2012-06-28)
Argentinos descobrem 300 fósseis de animais pré-históricos (2012-04-19)
Ancestral de baleia beluga vivia em águas temperadas (2012-03-27)
Espécie extinta de mocho foi descoberta na Madeira (2012-03-23)
Salamandra do tempo dos dinossauros (2012-03-13)
Pulgas do Jurássico eram ‘gigantes’ e não saltavam (2012-03-01)
T. Rex teve a mandíbula mais forte da história (2012-02-29)
Encontrada tartaruga do tempo dos dinossauros
ainda desconhecida (2012-02-24)

Portugueses descobrem ser vivo mais antigo à face da Terra (2012-02-14)
Investigadores recriam canto de grilo do Jurássico (2012-02-10)
Descoberto o mais antigo viveiro de dinossauros (2012-01-26)
Abertura do Parque Jurássico será em 2013 (2012-01-18)
Dinossauros herbívoros encontrados pela primeira vez na Antárctida (2011-12-23)
Antepassados de cavalos encontrados em Aragão (2011-11-29)
Descobertas revelam que humanos já pescavam há 42 mil anos (2011-11-25)
Ninho de dinossauro com 15 crias achado na Mongólia (2011-11-23)
«Cronopio dentiacutus» tinha aspecto de ‘esquilo-dentes-de-sabre’ (2011-11-03)
Registada e apresentada nova espécie de dinossauro (2011-10-24)
Vermes “dominaram” depois dos dinossauros (2011-10-13)
Descobertas novas jazidas de dinossauros (2011-10-03)
Lourinhã vai ter ‘Parque Jurássico’ (2011-09-13)
Pobre diversidade genética do lince-ibérico é característica com milhares de anos (2011-08-22)
Humanos dos países nórdicos têm olhos maiores (2011-08-08)
Primeiro crânio completo de um macaco com 20 milhões de anos (2011-08-03)
Açores: Encontrados fósseis de novas espécies para a ciência (2011-07-26)
Terópode português é referência na paleontologia internacional (2011-07-07)
Paleontólogos descobrem esqueleto completo de marsupial gigante (2011-07-07)
Fóssil de crocodilo revela migrações com 65 milhões anos (2011-06-29)
Descoberta espécie de dinossauro mais pequena que se conhece (2011-06-21)
O menor e mais jovem tiranossauro jamais encontrado (2011-05-31)
Fóssil de cérebro surpreende paleontólogos (2011-05-26)
Fóssil "mostra" confronto entre ictiossauros (2011-05-06)
Fóssil de formiga gigante desconhecida encontrado nos EUA (2011-05-04)
Âmbar alberga fósseis de insectos extintos (2011-04-21)
Fóssil descoberto na China mostra ponte evolutiva entre répteis e mamíferos (2011-04-19)
Registo mais antigo de insecto voador encontrado nos EUA (2011-04-05)
Encontrado fóssil inédito de animal com 260 milhões de anos (2011-03-25)
O coelho gigante de Menorca (2011-03-24)
Aspiradores dos anos 50 inspirados em saurópodes (2011-03-23)
Primeiro dinossauro angolano descoberto por português (2011-03-16)
Cavalos evoluíram através da alimentação (2011-03-04)
Planeta caminha para nova extinção em massa (2011-03-03)
Encontrados vestígios do humano mais antigo do Alasca (2011-02-25)
Novo género e espécie de tartaruga jurássica encontrado em Portugal (2011-02-24)
Cobra fossilizada com perna escondida (2011-02-08)
Dinossauros sobreviveram à grande extinção (2011-02-04)
Aves pré-históricas descobertas no Alasca (2011-02-01)
Dinossauro da Lourinhã exposto pela primeira vez em Lisboa (2011-01-27)
Descoberta de pequeno dinossauro com apenas uma garra (2011-01-26)
Paleontólogos da UNL premiados por fundação norte-americana (2011-01-25)
Novo fóssil permite distinguir géneros dos pterossauros (2011-01-21)
Ratos podem reconstruir história da evolução humana (2011-01-21)
Antepassado mais antigo do T-Rex descoberto na Argentina (2011-01-14)
Estudo de “cabra-réptil” vale prémio a investigadores espanhóis (2010-12-27)
Neandertais canibalizados encontrados em Espanha (2010-12-22)
Sopa com 2400 anos encontrada na China (2010-12-13)
Descoberto novo dinossauro na Coreia do Sul (2010-12-09)
Sobre o novo dinossauro de Torres Vedras (2010-11-29)
Tabaco com 2,5 milhões de anos encontrado no Peru (2010-11-22)
Os mais antigos embriões de dinossauros até agora conhecidos (2010-11-16)
Primeiros dinossauros eram do tamanho de um gato (2010-10-06)
Antepassada de flores actuais abre portas para evolução (2010-09-24)
Singular dinossauro predador encontrado na Roménia (2010-08-31)
Verdadeira causa da extinção do urso das cavernas (2010-08-25)
Tartaruga com chifres viveu e desapareceu em ilhas do Pacífico (2010-08-17)
Gigante marinho pré-histórico movia-se como os tubarões (2010-08-17)
Répteis voadores do Jurássico em exposição na Lourinhã (2010-08-10)
Maior rato do mundo viveu em Timor-Leste (2010-07-27)
Símios e hominídeos «separaram-se» mais tarde do que se pensava (2010-07-15)
Especialistas internacionais juntam-se na maior expedição paleontológica de Santa Maria (2010-07-14)
Vespa do figo e figueira evoluíram juntos (2010-06-18)
Encontrado antepassado mais antigo dos cefalópodes (2010-05-27)
Descobertas pegadas de escorpião gigante que viveu há 330 milhões de anos (2010-04-21)
Cientistas apresentam antepassado da barata em 3D (2010-04-14)
Google Earth permite descoberta de novos fósseis (2010-04-14)
Encontrado primeiro tiranossauro no Hemisfério Sul (2010-03-29)
Descoberta nova espécie de dinossauro herbívora no Utah (2010-03-24)
Estudo diz que erupções vulcânicas ditaram hegemonia dos dinossauros (2010-03-23)
Fóssil de criatura rara descoberto no Canadá (2010-03-17)
Especialistas garantem que meteorito gigante ditou fim dos dinossauros (2010-03-05)
Antepassado mais antigo dos dinossauros foi descoberto na Tanzânia (2010-03-04)
Serpente com 67 milhões de anos comia dinossauros bebés (2010-03-02)
Dinossauros anões habitaram a Roménia (2010-02-23)
Fóssil de tartaruga com 90 milhões de anos descoberta por portugueses (2010-02-08)
Identificadas cores de penas de dinossauros pela primeira vez (2010-01-28)
Portugal recebe maior exposição itinerante de dinossáurios do mundo (2010-01-20)
Português descobre fóssil de dinossauro raro na Europa (2010-01-14)
Dinossauros com 190 milhões de anos encontrados na Patagónia (2010-01-11)
Encontradas na Polónia as mais antigas pegadas de quadrúpedes (2010-01-07)
Copérnico enterrado novamente 467 anos após a sua morte (2009-12-29)
Descoberta de dinossauro serpente (2009-12-22)
Touro com um milhão de anos encontrado na Eritreia (2009-12-14)
«Tawa hallae» é o novo membro da família dos dinossauros (2009-12-11)
«Homem de Pequim»foi descoberto há 80 anos (2009-12-02)
Paleontólogos norte-americanos desenvolvem conceito de «ciência aberta» (2009-11-18)
Descoberto novo réptil voador (2009-11-12)
Rainha egípcia Nefertiti «rejuvenescida» (2009-11-05)
Teia de aranha do Cretáceo chegou aos nossos dias (2009-11-02)
Servos da Mesopotâmia eram mortos com lanças (2009-10-30)
Fóssil de pliossauro encontrado na costa britânica (2009-10-27)
Fóssil Ida pode não ter parentesco com ser humano (2009-10-23)
Fóssil de réptil voador desconhecido encontrado na China (2009-10-14)
Estão em França as maiores pegadas de dinossauro do mundo (2009-10-07)
Fóssil de «mini T-Rex» encontrado na China (2009-09-22)
Especialistas do Paleozóico estudam o Algarve (2009-09-21)
Encontrada em Agadèz uma nova espécie de dinossauro (2009-09-17)
Museu da Lourinhã com sons jurássicos (2009-08-28)
Novo dinossauro confirma importância de estudos na Austrália (2009-08-26)
Três novos dinossauros descobertos na Austrália (2009-07-03)
Hadrossauro distingue-se de todas as criaturas vivas até hoje (2009-07-03)
O estegossauro «Miragaia longicollum» apresentado à comunidade científica (2009-03-02)
Cientistas a caminho de resolver o dilema de Darwin (2009-01-12)
Crânio do maior dinossauro do Jurássico apresentado sábado na Lourinhã (2008-07-31)
Cientistas debatem Paleopatologia em Portugal (2008-06-02)
Expedição científica a Santa Maria, a mais antiga ilha dos Açores (2008-05-28)
Museu de História Natural de Lisboa assinala 150 anos com exposição sobre o Alossauro (2008-03-04)
Dinossaúrios abrem Centro de Exposições do Freeport de Alcochete (2008-03-04)
Paleontólogos descobrem nova espécie de réptil voador pré-histórico na China (2008-02-13)
Paleontólogos estudam primeiros vestígios do Cretáceo Superior no México (2008-02-12)
Cientistas simulam digestão dos dinossauros (2008-02-06)
Apresentado no Rio de Janeiro fóssil de crocodilo com 80 milhões de anos (2008-02-01)
Velociraptor afinal tinha penas (2007-09-20)
Paleontólogo Octávio Mateus faz de Indiana Jones no deserto de Gobi (2007-09-11)
Apanhados no radar (2007-08-23)

Últimas notícias

Amamentar diminui o risco de depressão pós-parto

Portugueses do IMM abrem caminho
a nova terapêutica para leucemia pediátrica

Quando o chichi «dá» luz!

Menos nicotina não quer dizer mais cigarros

Não-me-esqueças, a planta rara redescoberta no Corvo

Da felicidade à dor: entender a função da serotonina

Treinar o cérebro para melhorar a capacidade mulitarefa

Historiadores de linguística de todo o Mundo
reúnem-se na UTAD

A espantosa capacidade de regeneração do pâncreas

Ébola não é porventura tão temível como a gripe

Bloquear os canais de potássio pode salvar vidas

Técnicas de meditação associadas ao budismo tibetano
podem melhorar o desempenho do cérebro

O meu automóvel conduz, estaciona e recarrega-se sozinho

Congresso Mundial de Investigação marinha
no Oceanário de Lisboa

Iraniana é a primeira mulher
a ser distinguida com o «Nobel» da Matemática

Alunos da UMinho desenvolvem protótipos todo-o-terreno

Todos pela Antártida

A Roseta foi ao cometa

Concelhos despovoados e com poucos bombeiros
são os mais atingidos pelos fogos

As barreiras dos serviços de saúde
que afectam os imigrantes

As barreiras dos serviços de saúde que afectam os imigrantes

“La réalité n’existe pas”

Como os mamíferos e as moscas se alimentam:
semelhanças surpreendentes

Células "secundarias" do sistema nervoso são afinal cruciais
para a cognição e doenças mentais

As duas caras da misteriosa Azobenzeno

Investigadores do Minho premiados no Brasil

Avanços na compreensão da doença de Parkinson
abrem novas portas terapêuticas

Ciência Hoje não tem férias! Apoie este jornal!

Oceans of Hope chega a Lisboa para mudar percepções
sobre esclerose múltipla em Portugal

Com um euro pode combater a dor crónica