Receba as notícias:

Déjà vu: uma sensação inquietante

O sentimento de já ter estado em algum sítio é persistente

2006-02-01
Muitos de nós já sentimos um déjà vu – uma sensação inquietante de saber que uma dada situação não pode ter já acontecido, combinada com o sentimento de que de facto já aconteceu. É normalmente um acontecimento tão breve que os psicólogos julgaram, até há bem pouco tempo, ser impossível de estudar. Mas, para algumas pessoas, o sentimento de já ter estado em algum sítio é uma sensação persistente, fazendo de cada dia um dia de “O Feitiço do Tempo”. Psicólogos do Leeds Memory Group estão a trabalhar com pessoas que sofrem de déjà vu crónico, no primeiro estudo do mundo sobre este acontecimento.
Chris Moulin encontrou ‘pacientes’ de déjà vu pela primeira vez numa clínica de problemas de memória. “Nós tínhamos uma referência muito peculiar de um homem que disse que não valia a pena visitar a clínica porque ele já lá tinha ido, embora isto fosse impossível.” O paciente, não só acreditava genuinamente que já tinha conhecido Moulin, como deu detalhes específicos dos dias e sítios desses encontros.

O déjà vu evoluiu de tal maneira que ele deixou de ver televisão – até os noticiários – porque lhe pareciam ser repetições, e até acreditava ouvir o mesmo pássaro a chilrear os mesmos sons, na mesma árvore, todas as vezes que saía à rua. Os pacientes de déjà vu crónico não são simplesmente afectados com uma sensação de familiaridade com novas experiências, como também fornecem justificações complexas e plausíveis para defendê-lo. “Quando a esposa deste paciente em particular lhe perguntou o que ia dar a seguir num programa de televisão que ele tinha dito já ter visto ele respondeu ‘como é que eu hei-de saber? Eu tenho um problema de memória!’ “ disse Moulin.

Pela primeira vez, pessoas que sofrem de déjà vu crónico podem ajudar a garantir uma investigação válida do problema. “Até agora nós completámos a parte da história natural deste problema – encontrámos maneiras de o testar e as questões clínicas próprias a serem perguntadas. O próximo passo é, obviamente, encontrar maneiras de reduzir o problema,” disse ele.

O estudante de doutoramento Akira O’Connor, subsidiado pelo Economical and Social Research Council, está a trabalhar com Moulin no sentido de encontrar maneiras de criar o fenómeno em laboratório. Akira começou a induzir o déjà vu em estudantes de Leeds através da hipnose, pedindo aos estudantes para se recordarem de palavras, hipnotizando-os para as esquecerem e depois mostrando-lhes as mesmas palavras novamente para provocar a sensação de que já as tinham visto. Aos estudantes era então pedido que fizessem relatórios subjectivos – como é que o déjà vu realmente se sente – em adenda à informação sobre o que eles conseguiam e não conseguiam lembrar.

Este novo programa de investigação, o Cognitive Feelings Framework (CFF), é único na universidade e está a ser dirigido por Moulin e o seu colega profissional da ESRC, Martin Conway. “Ao considerar um experiência subjectiva – sentimentos – através de uma perspectiva de uma ciência cognitiva esperamos conseguir entender melhor as sensações de déjà vu comuns, e também ajudar a compreender deficiências cognitivas, por exemplo, em outros adultos,” disse Moulin.

“Há pessoas que podem sofrer de déjà vu crónico mas não estarem dispostas a partilhar isso com os seus médicos – qualquer dica sobre uma ‘doença mental’ é, principalmente para pessoas mais idosas, um assunto taboo. Mas, assim que descobrimos este primeiro paciente descobrimos também que se forem perguntadas as questões certas, outras pessoas que já viveram a mesma coisa podem ser descobertas.”

O déjà vu crónico pode ser stressante ao ponto de causar uma depressão, e a alguns pacientes foram dados anti-depressivos. Mas o grupo de Moulin acredita não ser uma ilusão, mas sim uma disfunção da memória: O desafio é pensar sobre o que isto significa. Podemos usar isso para examinar as relações entre  memória e consciência.

“O mais estimulante acerca destas pessoas é que elas conseguem ‘lembrar-se’ de detalhes específicos sobre um evento ou um encontro que nunca realmente aconteceu. Isso sugere que as sensações relacionadas com a lembrança estejam separadas dos conteúdos da memória; que existem dois sistemas diferentes em funcionamento no cérebro.” Moulin acredita que um circuito no nosso lobo temporal é activado quando recordamos o passado, criando a sensação de lembrança, mas também uma sensação de recordação – a sensação de nós próprios no passado. Numa pessoa que sofra de déjà vu crónico este circuito ou se encontra super activo ou constantemente ligado, criando memórias onde elas não existem. Quando eventos novos são processados, eles são acompanhados de um sentimento forte de lembrança.

Uma nova colaboração lançada este mês com o neuro-imaging lab da University of york fornecerá provas objectivas aos relatórios subjectivos fornecidos pelo CFF. “Ao examinar a experiência subjectiva de alguém é importante ter uma ideia se os seus dados subjectivos são comparáveis aos de outras pessoas,” disse Moulin. “As instalações do neuro-imaging lab permitir-nos-ão ver se algumas partes do cérebro estão activadas em pessoas diferentes quando elas relatarem estados subjectivos. No fim, poderemos talvez até ser capazes de identificar zonas neurais importantes em estados conscientes como o de ‘lembrar’.”

Moulin está desejoso para criar uma rede de pacientes em Leeds e à volta do mundo que sofra de déjà vu crónico. “Nós estamos a encontrar pessoas por todo o mundo com problemas destes. Os pacientes de déjá vu crónico precisam de saber que não estão sozinhos, e nós precisamos que eles nos ajudem a aprender mais acerca de quem sofre disto, qual é a causa, e porquê.”

Bruno
2007-08-03
19:47
Essa notícia é muito interessante pra mim, pois eu ja tive essas sensações descrita nesta reportagem, mas não sabia como se chamava, alias, neim sabia que existia um nome pra descrever esta sensação. Ja tive o sentimento de estar em certo local, conversando com certa pessoa, ae a sensação so vem segundos antes de realmente estarmos no local previsto com a pessoa lembrada... Não sei como descrever ao certo essa sensação. Gostei desta matéria sobre Déjà vu, parabéns!
Náthya
2007-08-12
13:22
Essa materia foi muito legal. Muitas pessoas sofrem dessas sensaçoes e nem sabem, eu ja sabia e tenho as vezes sensaçoes dessas... eu costumo dizer quando issu ocorre: Déja vu ruim, déja vu ruim! Por que realmente nao é uma boa sensaçao!!!
Anabela Mateus
2007-11-02
15:51
Olá, conheço o fenómeno. Vivo-o várias vezes e sou acompanhada pelo médico. O meu caso tem algumas características particulares pelo que decidi relatar resumidamente. Não é crónico. Derivou de uma Meningo-encefalite que sofri com 29 anos (tenho hoje 44), que me provocou um coma vigil de aproximadamente um mês e uma amnésia de grande parte dos factos e informações de todo o tipo apreendidos na minha vida nos 2 anos anteriores a esse acidente. A partir daí a recuperação foi muito lenta a muitos níveis, incluindo de memória. Fiquei epileptica, e ainda hoje tenho graves problemas de memória (diga-se que sempre fora um dos meus pontos fracos). A epilepsia já esteve mais controlada do que está desde há 3 anos, embora sempre bem acompanhada a nível neurológico, mas situações relacionados com a vida familiar e profissional ajudaram a um retrocesso. Sinto que cada vez que há quebras a nível epileptico, a memória é afectada, e encontra-se cada vez mais debilitada. Curiosamente todas as minhas crises epilépticas são anunciadas por variados sintomas. Um desses sintomas traduz-se em fenómenos de "déjà-vu" extremamente angustiantes, mas que me permitem uma preparação para a crise. Em concreto, e em termos de ex. se estiver a ver uma notícia na TV, sei exactamente o desfecho da notícia, palavra a palavra que está para ser dita.; ou numa conversa privada antecipo as palavras do meu interlocutor. Em simultâneo, tenho sensações físicas que me anunciam que vou ter essa sensação, como formigueiros... Encontro-me ao dispôr para algum esclarecimento, caso entendam Atenciosamente AM
Nathalia Rubio dos Santos
2007-12-29
17:18
Gostei muito da reportagem sobre déja vu ,e hoje tenho 14 anos e sofro desse problema ,não é um déja vu crônico é um pouco leve ,mas tenho medo de ficar pior . Por favor gostaria que vocês respondessem a minha pergunta !! Será que ao passar do tempo poderei ter um déja vu crônico ??Sou um pouco nova para ter esses problema ?? Por favor me ajudem !! Obrigada
Paulo Baroca
2008-01-12
23:41
Eu proprio nao tenho ideia de algo mais assustador que deja vu cronico, hoje tenho 25 anos, aos 19 comecei com um aqui outro ali, e foi piorando de dia para dia, até ser constante, 24 horas por dia, durante 2 anos, foi os pior momentos da minha vida, aos 22 deixei de os sentir lentamente da mesma forma que apareceu, desapareceu, a discrição desses momentos são identicos aos descritos pela Anabela Abreu, antecipar conversas terminar frases das outras pessoas, perder a motivação para fazer o que quer que fosse, por achar que já o teria feito, éra como se o destino estive traçado e eu tivesse conhecimento do que me esperava, foram momentos de solidão, tristeza, e de depressão. Por vezes achava-me capaz de adivinhar o futuro, e tinha uma memoria muito hiper activa, e constantemente sentia um formigueiro intensivo quando um deja vu mais profundo estaria para vir, até os meus pensamentos eram sentidos como sendo deja vu, era um terror, felizmente tudo passou, não sei dizer ao certo o que aconteceu para ter passado mas passou, não digo que já nao sinta deja vu, porque sinto, mas raramente, penso que um aqui outro ali, todos sentem!
frederico
2008-02-05
00:27
boas para todos quantos leiam este coment. já há algum tempo que sinto dejavu's, de principio não sabia como explicar, mas depois falei com umas pessoas mais entendidas no assunto e explicaram-me o que era. desde então exporádicamente tenho episódios mas interessantemente muitas vezes eu sonho primeiro o acontecimento e só depois quando estou no sitio é que enquadro o sonho pelo que me dá uma sensação estranha e um tanto desagradavel. gostei de ler a reportagem e os coments pois cada vez me capacito que é uma coisa perfeitamente normal da psique humana. um grande bem haja para todos
Maria Aparecida
2008-06-27
16:38
Eu adoreia matéria , eu não acho o "Deja vú" , uma sensação estranha acho ate possivel de se estudar ...

Isso acontece como se fosse um pequeno clipe passando em sua mente , você está ali conversando com alguém e na mesma hora fosse tem a nitida sensação de algum dia , você ja esteve ali com aquela mesma roupa conversando com aquela mesma pessoa.
E um pouco intrigante mais e bem interessante e como se fosse um previsão .
lucas
2008-09-05
01:22
Gostei muito dessas matéria,eu tenho 12 anos e tenho essas senssações desde os 11
já previ muitas vezes o
que iria acontecer alguns minutos mais tarde do deja vu,tam-
tive senssações de tudo
o que acontece comigo
já ter acontecido [acho
isso muito intrigante],
parece que estou no
passado.Estou muito
curioso,quero saber mais a respeito do deja
vu,meu msn é: lukas_
ceaaa@hotmail.com
quero respostas.
eloiza
2008-11-09
05:04
tenhO issO desdoS 4 ou 5 anoS de idade ,
tenhO 15 anoS já e ainda simto essas semsaçoes de que já acomteceu e já vi ou estive naquele lugar passando aquele momentO conhece algumas pessoas que tem issO tambem acho que é meio comum isso tem comuninades com milhoes de pessoas com issO tambem"
Ruth
2009-01-15
19:04
Olá meu nome é Ruth tenho 35 anos, comecei a ter esses sintomas há 14 anos, sempre está relacionada a insônia, quando eu vou menstruar na noite anterior não consigo dormir, então no último dia da menstruação acontece a crise e ás vezes desmaio, de um tempo para cá, tenho tido antes do período mestrual também. Eu estou com medo, pois já li algumas coisas e pode estar relacionada a epilepsia. Eu já fiz eletros mas não deu nada. Meu e-mail: oi26ruth@hotmail.com, se alguém quiser conversar comigo sobre o assunto. obrigada!
anam21
2009-01-25
12:30
Tenho 12 anos, todos os dias(mais do que uma vez ao dia) tenho um déjá vu. Tambem ja me aconteceu varias vezes eu dizer que ia acontecer uma coisa e de facto ela acontece e isso tem me vindo a assustar um pouco. so uma amiga minha e que sabe. gostava que me ajudassem
Lurdinha
2009-03-10
00:46
Tenho 44 anos e tenho esses sintomas deja vu decorrente de tenia(lesao no cerebro de "verme de porco" esta calcificado faz tempo que nao tenho crise epiletica (nao tomo mais tegreto), e as crises vinham acompanhas do deja vu.
hj nao desmaio mais, mas o deja vu pelo menos uma vez ao mes tenho é muito ruim
pois tenho muito calor, uma sensacao horrivel e as vezes sinto um gosto estranho.O medico neuro me disse para fazer uma ressonancia pois pode estar afetando o lobulo temporal.
Helena
2009-03-20
02:03
Gostaria de saber se uma pessoa que sente o deja vu, necessariamente terá crises epléticas. Meu marido tem um foco de eplepsia em consequencia de uma esclerose mesial no lobo temporal e minha filha me descreveu o sentimento do deja vu e disse que ja sentiu algumas vezes.
Bruno BC
2009-05-30
16:53
Isso é muito interesante para mim eu tenho 16 anos e isso acontece frequentement comigo pelomenos de 4 á 5 vezes por semana. Só queria saber a origem desta situação. Pq eu sonho mas nao lembro o q sonhei e qndo acontece o DEJA VU nao sei se ja vivi, vi ou sonhei o q esta acontecendo !!!
Jani
2009-06-11
02:08
Sou portadora de lipoidoproteinose, às vezes me dá convulsões e quase todos os dias sinto um mal estar, começa sempre com um mesmo cheiro e gosto, o local que me encontro fica estranho e parece que é um lugar que conheci quando eu era criança e voltei lá depois de muitos anos, me lembro onde estão as coisas, mas parece um sonho, ou pesadelo. Ao terminar sinto frio ou calor e passo o dia como se estivesse em outro mundo.
Grata pela atenção!
leeti003
2009-08-30
23:20
Tambem ja me aconteceu varias vezes eu dizer que ia acontecer uma coisa e de facto ela acontece e isso tem me vindo a assustar um pouco. [2] . as vezes esse tipo de acontecimento acaba me inrigando.. e por isso resolvi procurar algo sobre e achei essa reportagem !
duda
2009-09-09
15:11
ola. achei esta reportagem muito interessante, o facto de me ter vindo informar a cerca do deja vu e que a cerca de duas semanas para ca tenho tinhas deja vu´s constatemente vivo cada dia como se fosse um passado e que eu teria estadoa li, tenho 13 anos e começo a ficar assustada com isto... tenho medo! so ha uma amiga minha que sabe, tenho medo que se possa vir a agravar tudo isto...
Obrigada, pela atençao..
parabens esta reprtagem e muito interessante e pssivel de estudar.
Anderson
2009-09-20
17:31
acho que dájá vu acontece quando o cerebro por milessimos de segundos não capta informações do local onde estar,e quando ele processa as informações novamente dá a sensação de estar vendo um fato que aconteceu interiormente ou um local,tudo isso de maneira inconciente e bem rapida
ucamah
2009-10-02
13:56
sinto me estranha ao mundo como se fosse um expectador, isso em tudo, nas relações interpessoais também, creio que é depressão crónica ,apetecia-me morrer e voltar a nascer para novamente me deslumbrar.
Carolina Fernandes Leite
2009-10-09
17:57
Eu também tenho sempre alguns Deja vus...é tão estranho.
vilma
2009-10-13
02:03
Fiquei mais aliviada ao ler estes depoimentos pois tenho algumas dessas sensações à algum tempo.Acontece esporadicamente,em determinados dias quando sou surpreendida por flash de situações que na realidade não vivenciei mas que de alguma forma ficaram na minha memória, parece que sonhei e de repente volta a minha mente acompanhada de sensações de calor e frio .
Amy
2009-10-18
06:16
Interessante a matéria, também, já tive várias vezes esta sensação e me parece que em estado de euforia ou ansiedade eventuais fico mais propensa ao deja vu, a situação é embaraçosa porque acabo tentando intervir num possível desfecho daquele "flash de memória" onde o passado e futuro se fundem... é um caos
Victor
2009-10-25
01:49
muitas vezes tenho essa sensação de déjà vu passo em sitios onde posso afirmar que já estive acontecem coisas que anteriormente já aconteceu muitas vezes falam-me coisas que seguramente eu já tinha ouvido e isto quase diáriamente e pelo menos que eu me lembre duas vezes eu falei para alguém que iria acontecer algo nos momentos seguintes e isso veio a acontecertenho sensações estranhas quando subo escadas fico a ver eu terminar o ultimo degrau com o pé direito ou esquerdo sempre acerto e na hora troco o pé só para não acertar e muitas mais coisas alguém pode me dizer o que é isto
Ronaldo
2009-11-11
16:40
Depois que li essas noticias fiquei mais aliviado, ja estava achando que estava louco, ja tive umas 8 vezes essa sensação, muito estranha, o pior de tudo que tenho plena convicção que ja vivenciei o momento, do nada ativa e chego a vamos dizer "prever" o que vai acontecer nos proximos segundos, chega assustar um pouco, soh que nao tenho coragem para contar para as pessoas que estao proximas no momento, vao falar que estou ficando biruta das ideias.
kelly
2009-11-15
03:55
eu ja estava achando que era perturbada ou coisa parecida ,talvez eu ainda ache isso,são lembranças muito fortes.
Paula
2009-11-25
17:08
Eu tenho smpree .. é muito esquisito, tenho medo
as coisas sempre parecem acontecer!! aa sensação não dá para ser discritaa... mais só sinto um gelo na barriga!!
Sissa
2009-12-09
14:23
É interessante como isso acontece... Na verdade estou me sentindo assim nesse momento e foi exatamente por isso que fiz a pesquisa na Internet.
Gostei de encontrar algo sensato a respeito do assunto.
aline
2009-12-16
00:12
isso já aconteceu comigo,muitas vezes. vivo cenas que parecem repetidas.
Creide
2009-12-18
19:58
Eu tenho deja vu a muitos anos e não considero isso um problema de memória, ou depressão ou epilepsia. Eu já me vi lendo um livro no futuro, vi o nome do livro. Aí, passado uns meses, peguei um livro para ler, e quando estava lendo, lembrei que já estivera por trás de meu próprio ombro, lendo o titulo do livro e pensando: que livro interessante vou ler!. É simplesmente uma viagem ao futuro que fazemos em sonho e depois quando estamos acordados e passamos pela situação, lembramos. Simples!
Não é doença. Podem ficar sossegados.
Mary Francis Oliveira
2010-01-07
14:53
O meu filho tem atualmente 11 anos, mas o sintoma de déjà vu surgiu quando tinha uns 9 anos. ele me dizia que via imagem repetida, e logo após sentia uma sensação de nausea, eu achava que era imaginação de criança, pois via muitos desenhos e filmes que estava imaginando coisas, como estava se repetindo tal situação pensei em leválo ao psicólogo, marquei a consulta e por qq motivo não foi possível ir, e nesse interim ele melhorou, ou seja, não apresentou mais os sintomas, após uns seis meses, ele já estava com 10 anos, voltou a sentir novamente os mesmos sintomas, sendo que dessa vez ele passou a ter vontade de vomitar, e eu novamente achei que fosse problema de estômago, levei-o à pediatra, foram feito vários exames, e o que apresentou foi uma alteração no coleterol, verifiquei seu crescimento, que me parecia ter estagnado, e iniciamos um processo de reeducação alimentar, que perdurou algum tempo, e atualmente está menos radical, mas mesmo assim a sensação de imagem repetida, como ele diz, continuou, e passou a entrar em transe quando está sentindo a imagem se repetir e logo em seguida sente que vai desmaiar, fica cansado e é muito angustiante para ele viver novamente toda a situação. Fomos recentemente a um neurologista, que falou que se tratava de déjà vu, fizemos mapeamento do cérebro e não constou nada, mas que pelos sintomas clínicos, era déjà vu. Foi quando comecei a pesquisar sobre o assunto e achei esta matéria. Na verdade não consigo entender bem essa doença, naõ sei como explicar para o meu filho como pode ser evitado, se pode controlar, se tem um fim, se tem tratamento, quais as conseqüências do caso dele, não sei nada na verdade. Por favor me ajude, preciso de orientação.
vivian kelly
2010-01-14
03:42
minha mae tem deja-vu.
ela passa mal , vomita e a cabeca fica ruin .
ela comenta que toda vez que ela tem essas visoes a visao dela vai enfraquecendo.
realmente ela esta em acompanhamento para ver sobre a visao. Esta quase sega e nao tem uma causa que esta deixando ela assim.
ela ja perdeu a visao de um olho ja tentou recuperar com cirurgia e corrigir a outra com cirurgia, mas nada consegue fazer alguma coisa para ajuda sobre a visao.
ela sente que esta perdendo a visao quando ela passa mau do deja-vu.
gostaria de uma orientacao .
" porque esta acotecendo esse problema com a visao da minha mae e porque ela passa tao mau ao ponto de vomitar quando tem essas visoes repetidas?"
RAPHAEL AZEVEDO
2010-01-22
08:55
Olá Mary Francis Oliveira, tenho 23 anos, sou brasileiro e passei pela mesma situação do seu filho. Tudo começou quando eu tinha 8 anos. Eu também sentia nausea quando tinha um Déjà Vu, eu me sentia muito mal. Na verdade tenho isso até hoje, quando ocorre, fico quase em transe, não consigo fazer nada, fico lento. Sempre tento me distrair com algum jogo ou leitura. Também cheguei a ir no psicologo quando tinha 10 anos e ele passou uma terapia para mim, mas não deu jeito não. Hoje eu tento me livrar disso, tenho muitas experiencias. Gostaria de compartilhar com você. Mande-me um e-mail por favor: raphaelsouza15 @ hotmail.com
Gabriel
2010-01-24
16:11
Eu também tenho Dèjá vu, mas não sinto náuseas ou qualquer outra coisa, simplesmente vejo aquilo e lembro - me de ter visto antes, no dia anterior ou até meses, após ter um dèjá vu fico meio paralisado por 2 segundos mas logo volto, eu tenho 13 anos e tenho essa sensação desde os 12.
Junior -
2010-01-26
19:41
des de 10 anos tenho dejavu , agora eu tenho 11 , e eu sinto isso toda hora , isso nao e doença , e serio! , isso e um doom !
fabio
2010-01-27
16:13
cara eu tenho Déjà Vu
mais o meu as vezes é de um dia pro outro mais n dormindo eu simplesmente paraliso e vejo oq vai acontecer mais n sei o motivo mais n consigo ver o rosto da pessoa em propria mais quando acontece eu mi lembro de td em claro normalmente
eu comesei a ter isso quando tinha 10 anos agora n para sempre tenho uma
sensaçao estranha
as vezes é tao forte q eu mi lembro te ter ficado com uma menina e fico com ela 5 a 1 dia depois muito estranho ...
mais ja to mi acustumando
Cristina silva
2010-01-31
07:25
Bom eu tenho dejavus desde os meus 7 anos!!!
Eh mto estranho pq eu fiko em transe uns 7 segundos!!!
Ja aconteceu de eu ter visto um garoto no meu colegio e eu ter perguntado o nome dele!
Mas isso nunk aconteceu, pois era somente uma visao, eu fiquei achando estranho, pq no dia seguinte algo incrivel aconteceu!
Eu vi esse garoto, fui correndo ate ele pra contar esse fato!
Agora eu estou com 18 anos e ja me acostumei!
Aislaine
2010-02-04
14:07
Sinto essa sensação a muito tempo, derepente paro e penso mais ja vivi isso a algum tempo.. pq de novo.. é mtt estranho o que sinto..
até comento com algumas pessoas que estão ao meu lado e elas falam.. vc está loucaaa..oq vc esta falando...
ja pensei que seria alguma doença isso.Muito boa essa matéria sobre Déjá vu.
tenho certezaa que milhares de pessoas.. tem essa sensação!
Daiane
2010-02-04
20:23
Meu marido diz q tem déjà vu...mais pelo q eu li aqui, eu acho q não é.
Pq assim ele diz tem umas viagens q duram segundos mais ao mesmo tempo q a viagem q ele teve de estar vivenciando alguma coisa esta nitido e ao mesmo tempo ele não consegue se lembrar.
E quanto mais ele tenta lembrar mais mal ele se senti e ele fica com uma dor de cabeça muito forte.
Isso não acontecia direto com ele era dificil acontecer, mais agora acontece varias vezes no dia, e nós estamos muito preocupados com isso, ele esta até achando q vai morrer.
Então eu quero muito a ajuda de alguem, por favor vcs podem me ajudar, ele se senti muito mal com isso!!!
Priscilla
2010-02-21
22:32
acho q déjà vu é um dom msm .. nao sao todos q tem essa sensaçao como nós !
Ademir de Oliveira leal
2010-04-18
17:09
Ademir: eu tenho esse problema. Só que com ele vem uma descarga de ansiedade tão profunda, que tenho desmaiado várias vezes. Tomo clomipramina para não ter essa impressões. Se alguem pode ajudar de alguma forma! Obrigado.
HudsonSantiago
2010-05-03
06:43
Pessoal imaginem isso por 1 segundo:
Várias dimensões que nós vivemos, vamos supor 3, nós estamos na 1° que é o presente o agora, a 2° é o passado, a 3° o futuro.Agora imaginem que se por algum acaso ouvesse uma falha nesse processo e parte de sensações e tudo mais passase da 3°(futuro) para a 1°(presente)... eu acredito nisso que o DejaVu são falhas do nosso universo.Quem quizer debater mais me adicione!!!! hudson_santiagoo@hotmail.com
Felipe Carrelli
2010-05-19
16:28
Ola meu nome é Felipe e estou realizando um documentário sobre o assunto, caso você tenha algum caso para contar, ou queira conversar sobre o assunto entre em contato comigo pelo meu email: felipecarrelli@gmail.com

Também tive varias crises de deja vu e isso me motivou a fazer o filme.
obrigado!
Marcelo
2010-05-21
15:38
Meus amigos, me ajudem pelo amor de Deus! Sinto isto há muitos anos. Até dormindo eu sinto, como se fosse um sonho, dura pouco tempo. Quando acordado parece que estou saindo de mim, me esquenta o corpo, principalmente o lado direito, quando começo a sentir isto, fico com sensação de um vacuo dentro de mim, as vezes tenho muita dor de cabeça, mas passa alguns meses e retorna as sensações. è como se eu tivesse tido um sonho que estaria me lembrando. estou sofrendo por não entender isto quem puder me explicar agradeço.
marcelluai@yahoo.com.br
cassiano gregolin
2010-05-24
22:38
eu tenho dejavus desde os 10 anos mas eu consegui controlar
paulo
2010-06-06
21:00
preciso de ajuda, tenho esses deja vus à tempos... Mas comigo a sensação é diferente porque quando isso me ocorre eu sito como se eu tivesse sonhado com aquilo e no momento estava ocorrendo.. é como se eu tivesse visoes em sonhos.. uma coisa bem louca...
tenho 15 anos.
Camilly Silva
2010-06-16
00:25
Sempre q isso me ocorre imagino imagens em questão de segundos é assustador!!!
João Domingues
2010-06-16
04:34
Não é um problema, é apenas uma falha na memória do cérebro.

Tenho 15, já experienciei várias vezes, às vezes de dia a dia, outras fica muito tempo sem acontecer.

Acontece a toda a gente, amigos meus da escola, professores até ao meu pai! Todos já me disseram que isso acontecera a eles.

Sempre que me estou a lembrar de uma coisa que arece que já vi antes, eu tapo os ouvidos e fecho os olhos, sempre pensei nessa maneira de os evitar, mas não consigo!! No monento parece um bom sentimento e tudo, os emus colegas estão a contar algo que se passou, e eu digo o que vão dizer e eles ficam tipo: "Tavas lá?", "Viste foi?" ou "Eu ainda na te contei isso!"


Não venham com isso do dom, todos já viveram isso pelo menos uma vez,depende também de coisas que fazemos todos os dias na escola.
Carla
2010-06-17
04:10
Como disse Jani, em 2009-06-11 às 02:08, eu também possuo lipoidoproteinose e quase sempre tenho essas sensações. É muito desconfortavel sentir isso. Imagens e cheiros me dão Déjà vu. Fico engolindo seco e com uma sensação horrível. Parece que não sou eu... Há dois anos me deu convulsão. Fiz tomografia e apareceu várias calcificações cerebrais. Se tivesse tratamento para Déjà vu e lipoidoproteinose com certeza iria fazer.
Jani, como você lida com a lipoidoproteinose? Já fez algum tratamento? Se sim, teve resultado? Sua voz também é/era rouca como a minha? Se era, fez algum tratamento para melhorar? Melhorou? Se sabe de algum tratamento, mesmo que seja cirúrgico, entre em contato comigo pelo e-mail carlaln@yahoo.com.br para me passar. Obrigada
Jéssica R.
2010-07-20
18:17
É realmente uma sensação terrível... Sempre tive Déjà vù, mas nada que fosse anormal, nada além do que todo mundo às vezes comenta ter... mas há uns três meses mais ou menos venho tendo um atrás do outro, e é muito irritante, não sei como explicar! Foi justamente por isto que procurei na internet o que causa essas sensações, e acabei encontrando este site. Espero que isto pare... Parabéns pela matéria!
Eder
2010-07-21
18:54
Eu li vários comentários e vi que me enquadro em muitos deles. Um deles, que eu acho mais grave, é do nosso amigo Ademir de Oliveira Leal. Ele após os episódios sofre desmaios. Isso também acontece comigo. Inclusive hoje no meu trabalho tive o djavu e pensei que fosse desmaiar logo após, mas até o momento estou de pé. Já procurei o neurologista que me receitou um medicamento chamado Carbamazepina. Tem resolvido bastante já faz mais de um ano que não tinha esses sintomas, mas hoje aconteceu novamente. Vou procurar novamente ajuda médica.
Pensei até na possibilidade de ser hipoglicemia, pois não tinha tomado café da manhã.
Então, parei e almocei, mas ao longo do dia eu tenho aquelas mesmas sensações.
Até agora estou de pé... espero que não aconteça numa hora e lugar inadequado.
rafaella
2010-07-31
16:51
as vezes, quando estou na escola quando o prefessor estah esplicando sinto q ja vivi aquilo mais axava q era maluquice minha fico parado por mais ou menos uns 3 segundos e depois volto au normal, é orrivel essa sensaçao, eu sinto agora alguma coisa como se ainda foçe acontecer como se eu estivesse em algum assidente e sentisse como se foçe com migo eu sinto, como se eu estivesse no lugar da pessoa q seria assidentada mais eu ñ consigo ver o rosto da pessoa, aparec rapidamente. se alguem quizer falar com migo sobre esse assunto meu

msn: rafaela_padrisinha@yahoo.com
cleiton evair kulkamp
2010-08-14
02:05
ola tenho déjà vu quase todo dia mais acho que comigo acontece que eu sonho flexis do que acontece comigo no dia seguinde isso com uma perfeicão de cheiros sensações etc.Ai no dia seguinte ñ me lembro desses sonhos quando acordo mais sim no momento em que o fato acontece;ai sim me lembro de ter sonhodo essatamente oq aconteceu
Oscar R. B. Möller
2010-09-15
19:08
Eu tenho essa sensação de vez em quando (não é algo constante).

Como eu sei que não acontece só comigo (tenho vários amigos e parentes que já me afirmaram ter essas sensações), sempre acreditei que nós, seres-humanos, temos, realmente, um dom premonitivo que se manifesta de tempos em tempos fora do nosso controle.

Eu só via essa como alternativa possível. Lendo este artigo, achei interessante a teoria baseada na criação de memória que, na verdade, não existem.

Só que me intriga não haver uma investigação em outra linha. Será que não é possível que realmente tenhamos, uns mais outros menos, um dom ainda não explorado. Já pensou se pudéssemos controla r isso ? Seria incrível.
Lívia Lima
2010-10-18
06:34
Tenho isto às vezes,não sabia que tinha nome, acabei de ter um agora tão forte, que até agora me pergunto se realmente não vivi.
Às vezes não ao certo, se sonho ou imagino tal situação e dali a tempos(muito tempo)acontece como aconteceu agora, não sei se já imaginei essa situação antes ou não. Eu abri a geladeira de minha casa e era como se já tivesse feito antes,uma sensação muito forte, olhei para dentro dela para ter certeza e me lembrei antes de perceber que estava lá que teria na parte de baixo uma vasilha com tampa laranja,que minha mãe estaria dormindo na sala,naquele dado momento e até que o meu computador estaria ligado. To pasma até agora porque eu nem abri a geladeira hoje e de repente acho que já viv esta situação.
Pra mim,Muito estranho!!!
drAlexander
2010-11-14
04:42
Aconteceu comigo hj. Falei de frases que logo em seguida senti que já tinha falado exatamente com determinada pessoa. Se a teoria dos "Universos Paralelos" estiver correta, então de alguma maneira o cérebro possa estabelecer contato com outra realidade mais adiantada no tempo e transmití-la para nossa mente. Talvez não seja uma disfunção cerebral ou algo do gênero, como pressupõem talvez seja uma comprovação de que há outras realidades a mais presentes e que por alguma razão desconhecida, algumas pessoas captem essas visões desta realidade avançada no tempo. Como pode alguém prever o que irá acontecer se ainda nem aconteceu? Ou do que irá passar nos notíciarios como comentado anteriormente?
Este assunto é bem polêmico e interessante...
daniel sousa
2010-11-21
06:10
cara eu sofro disso também so que pra mim e muito bom me divirto com amigos quando tenho pois falo tudo que eles vão falar e muito ter djavus e bastante legal desde que não venha a ficar repetindo ocisas ruins igual no dia em q meu cachorro morreu repetio tipo uma duas veses sei la foi estranho,vlw abraço.
Ludmila
2011-01-16
22:04
Também tenho sintomas de Dejavú. Há mais ou menos 1 ano e meio comecei a ter essas sensações de já ter vivido certos momentos, porém quando passa o transe tenho certeza de que eles nunca foram vividos por mim. No momento da sensação tenho vontade de vomitar, suo frio e o coração fica acelerado. Fico alguns segundos fora do ar vivendo a cena que está na minha cabeça. É um momento muito angustiante, e as cenas apresentam personagens muitas vezes repetidas, o que me deixa bastante intrigada. Tem épocas que isso ocorre com frequência comigo, mas também outras épocas que fico muito tempo sem ter essa sensação. Nunca procurei ajuda pra resolver esse problema, mas tenho curiosidade de saber exatamente do que se trata, e se pode ser algum tipo de doença. Espero que não.
De qualquer forma, a matéria e os comentários me ajudaram a compreender um pouco melhor o assunto.
Enriqueta
2011-05-13
16:37
Bem, estou preocupada e gostaria muito de uma resposta para o que sinto. Nunca tive coragem de contar a ninguém o que sinto. Mas às vezes qnd tenho um Deja vú ,desmaio. É uma sensação muito estranha, nada se compara.Muitos vezes consigo controlar a sensação evitar que ele aconteça. a primeira vez que desmaiei estava muito tensa e preocupada e senti o deja vú. Toda vez q sinto é um calor descendo da minha cabeça e se espalhando pelo corpo e ambiente em q estou parece ficar mais lento, tudo parece estranho, parece q estou num sonho, esta sensaçaõ as vezes vem acompanhada por uma ansia de vomito e depois q passa fico lenta e triste.NAs duas vezes desmaiei não sinti ia cair ou que a vista escureceu, simplesmente desligo e qnd acordo estou no chão, caida e das duas vezes q desmaiei macchucada por causa da queda. Estou preocuapada, gostaria de uma explicaçaõ e o que devo fazer.
Guilherme Brito
2011-06-03
23:13
Sinto essa sensação a algum tempo,desde a pré adolescência, mas nunca fui num médico, as vezes eu consigo controlar um pouco os sintomas de tontura e náusea, mas é difícil sair da parte do transe. Hoje senti isso por algum tempo, as vezes demora meses para a mesma sensação voltar.
A dois anos atrás a sensação que eu tinha era de que a cada vez que tinha um dejavu, a tontura, o enjoo e o estado de transe eram maiores. Mas agora parece que está diminuindo um pouco! Nem sei se um médico poderá resolver esse problema, mas futuramente irei procurar um!
Kelly
2011-06-04
06:45
Eu sonhei com uma pessoa(eu nunca tinha visto ela na minha vida, nesse sonho eu perguntei o nome dela.) Alguns meses depois eu conheci essa pessoa da mesma forma do sonho, da mesma forma que sonhei. É como se eu estivesse sonhando uma segunda vez. Eu fiquei um pouco pensativa, uma sensação esquisita.

A segunda vez eu sonhei que estava conversando com meu pai. Algum tempo depois eu esta no mesmo lugar e tendo a mesma conversa do sonho. E novamente senti aquela sensação esquisita.

Eu sei que isso é bobo. Mas o que vale mesmo é a sensação e o modo como aconteceu.
vitor
2011-07-25
06:31
Olá pessoal meu nome é Vitor dos santos de oliveira, sou de Rio Grande do Sul RS,apesar de ser um assunto muito relevante, eu sinto que já passei por aquela rua que nunca tinha visto na minha vida e daquela casa tambem me parece algo familiar lugares que nunca estive perecia estar por que isso acontece? não entendo? isso parece ser coisas de vidas passadas. As vezes sonho com que algo irá acontecer daqui há uns dois tres dias, uma vez sonhei que meu irmão tava andando de bicicleta e simplesmente caiu no chão e machucou o joelho, e não é que isso aconteceu? pois tinha sonhado com ele caindo de bicicleta uns dois dias anteriores e isso pra mim é um pouco assustador. se alguém quiser fala comigo pode me adicionar é vitinho-266@hotmail.com
alcione paula
2011-09-15
19:19
nossa tenho isso direto sinto muito mal,nao queria ter isso tem algum tratamento, chego ate reclamar para as pessoas explico o que sinto mais ninguem me entendi,e isso e constante em mim.como faço pra mim curar.
Ana Clara Lacerda
2011-12-02
18:00
Olá!Desde meus 15 anos tenho Dejavu, às vezes passo tempos ser ter esses sintomas. Mas quando começa tenho várias vezes por semana, tenho a sensação de que já sonhei com o presente, sei dos detalhes do que está por vir, acho sinceramente que isso é um disfunção da minha memória, acredito que ela "engana" meu cérebro e me faz achar que o que estou vivendo já sonhei. Durante o Djavu sinto formigamentos acompanhados de calor no corpo todo, pressão e dores de cabeça e quando passa me sinto cansada. Acredito que isso também tenha haver com alguma variação de epilepsia, hoje tenho 22 anos e tenho dejavu principalmente quando estou ansiosa ou sob pressão, graças a Deus isso não atrapalha minha vida, mas a sensação é muito ruim.Adorei a reportagem, me ajudou a entender mais o que tenho, não acho que seja dom pois não consigo ajudar ninguém com isso, creio que seja algo a ser mais explorado pelos especialistas, pois pelo o que percebi através dos depoimentos existem vários estágios e muitas pessoas são prejudicadas de ter uma vida normal por conta desses sintomas ditos por muitos como paranormais.
mayara marchioli dos santos
2012-01-09
15:27
eu tenho essa sensaçao de djavu e eu sempre tive e começou a ficar mais forte quando eu tinh seis anos e isso aconteceu na escola foi inbcrivelmente assustador mais eu gosto de ser diferente!
Filipe
2012-01-15
05:27
Ana Clara Lacerda o que eu sinto é exatamente o que vc sente, sensações, tonturas e formigamentos, altera momentaneamente o meu paladar e olfato, depois fica uma dorzinha de cabeça chata, me add filipebu@hotmail.com,, abraços.
ralph mendes
2012-02-03
03:57
gostei muito da reportagem...
me identifiquei muito com oq passou paulo baroca!
as veezes acontece... tenho 24 anos, tenho a impressão das conversas com amigos serem repetidas a ponto de falar o assunto. antecipar o fim... as vezes falo o futuro.fiquei sabendo a pouco,era tipo inconcientemente. ao passar dos dias e meses algumas pessoas me diziam q oq falei aconteçeu da mesma forma.tentei descobri oq seria isso e disseram q sou paranormal/medium... essas coisas são ruins demais.
gostei muito de ler sobre o assunto.
obg
Wallace Roberto
2012-02-05
14:11
eu também tenho essas sensaçoes de DEJA VU,tipo semana passada quando eu entrei em um trabalho novo eu sentia que já tinha estado lá,quando eu fui receber sext-feira o cara falou comigo eu tive a sençao de lembrar a conversa todinha mais não respondi ele porque fiquei comedo e muito estranho isso,então na mesma semana no sábado fui a praia então me lembrei que uma semana antes eu tinha sonhando que tava morrendo afogado ai eu escutava sirenes e vozes, entao eu indo pra sozinho começei a chorar no caminho(porque parece que a cada DEJA VU o fim esta proximo) pensandoe que iria morrer mais continuei dei um mergulho só e fui embora graças a deus não aconteceu nada..ai hoje vendo o noticiario 05/02/2012 estava falando daquela parada do jogo no egito sei la onde que morreu 70e poucos eu tive a imença senção de ter ja visto isto...e eu so lembro coisas nao muito importates como frases e locais/e en muitos desatres eu sinto que ja tinha visto/nunca lembro coisas felizes é estranho...
Sonia Amada
2012-03-29
20:29
Por acaso estava a pesquisar acerca do Deja vu, quando vi o seu anuncio. Gostei muito, principalmente porque é algo que me acontece muito. Mas tenho um elemento novo a acrescentar que não encontrei em nenhum artigo que até agora li a respeito do assunto. Aprendi a respeitar os Deja vus e considero-os, não uma memoria mas um sinal, aviso de que algo está pra acontecer. Isso porque pelo menos no meu caso. E eu venho a ter Deja vus desde que era criança, eles são sempre seguidos por um conjunto de acontecimentos negativos para a minha vida. Apartir de serto ponto, aquilo que era uma mera desconfiança tornou-se uma regra. Sempre que eu tinha aquela sensação de já vi isso antes, um dia ou dois depois, um conjunto de acontecimentos negativos se desnrolavam, normalmente ligados com a minha vida amorosa ou profissional. Comecei a não gostar seriamente de Deja vus. Sabia sempre que algo mau ia acontecer, mas não sabia como fazer para evitar. A solução para o meu problema, por mais ridiculo que pareça,veio a mim quando a uns anos atras assisti a primeira saga do filme Matrix. Há uma parte do filme em que Neo( Keanu Reeves) tem um Deja vu de um gato preto. As palavras que ele proferiu naquela situação é que me inspiraram. Se não me engano foi algo do genero: " Há uma falha na matrix. Algo está errado. Corram." Para Neo o Deja vu também não representava algo positivo e a palavra de ordem erra correr. Pensei como podia aplicar isso a minha propria experiencia. Sempre que esperimentava um Deja vu daí em diante, pensava sempre como é que podia fazer para fugir daquele momento. Se seguisse para a direita no momento em que estivesse a esperienciar um Deja vu, mudava a direcção para a esquerda. Se estivesse a ir muito rapido parava ou então até voltava pra tras. Se estivesse a fazer algo em especifico adiava a tarrefa. A principio me senti ridicula a agir dessa maneira, até porque o meu comportamento era no minimo bizarro. Mas resultou de alguma maneira, nem eu sei explicar. Continuo a ter Deja vus, mas como de certa forma altero o curso das coisas no momento, nada de mal acontece e as vezes até acontecem coisas boas. Chamem-me louca se quizerem, mas eu não quero arriscar a voltar a ter uma porcaria de dia, desculpem a expressão, porque ignorei um Deja vu e não tomei uma actitude na hora certa. Essa é a minha esperiencia. Mas o que é o Deja vu ao certo, não sei explicar. Memorias? Talvez. Doença. Desculpem mas não acredito muito que seje. Se de alguma maneira os Deja vus prevêm o futuro, como podem ser uma doença. Acredito mais que sejem uma especie de aviso ou sexto sentito, uma premonição. Nós não somos supostos nos recordar de coisas que ainda não aconteceram, a não ser que já as tivessemos visto antes, não necessariamente experiênciado ou vivido. Um dos meus Deja vus mais fortes inclusive foi relacionado com algo com que tinha sonhado previamnte. E aconteceu. J´s foi cientificamente provado que so usamos uma quarta parte do nosso cerebro. Não se faz ideia do que o resto possa fazer. Talvez esses sejem os restantes 45% a querer sair ca para fora :)
Sérgio Nascimento
2012-03-30
22:00
Hoje mesmo tive mais uma vez essa sensação, é como assistir um filme repetido. O problema é que só lembramos momentos antes ou no ato do acontecimento.
Nathy
2012-04-03
14:25
É interessante esse assunto. Eu ainda lembro da primeira vez que eu tive um, eu tinha uns 9 a 10 anos (hoje tenho 15), eu estava em uma aula de matemática, e me deparei com os números escritos distribuídos no quadro de uma forma como se eu ja tivesse visto antes, eu sabia exatamente qual seria a próxima fala da professora na aula. Na hora do intervalo, a sensação se repetiu. Cheguei apavorada contando pro meu pai. rs Ele disse que eu devia ter sonhado algo parecido por estar ansiosa com a volta as aulas. Depois acabei descobrindo sobre o que realmente se tratava. Desde a primeira experiencia, nessa idade, era comum eu ter Deja vu, principalmente em diálogos com familiares e amigos, porém com o tempo isso foi diminuindo, e agora é raro acontecer. Ainda bem, porque a sensação é horrível, sou muito mais viver os momentos sem saber de nada do que estar por vir. '-'
Bárbara
2012-06-16
17:59
Gostaria de saber se existe algum nome específico que se dá as pessoas que sofrem com esse fenomeno(deja vu)
barbaranx@hotmail.com
Alice Cardoso
2012-06-27
15:28
Como vcs, gostaria de saber se há um tratamento especifico para esse fenomeno "dja vu".
Filipe
2012-07-11
16:36
Gostaria de saber se tem cura,pois tenho este problema desde os 10 anos de idade,e na epoca que falava q tinha sonhado com aquilo q tava acontecendo os medicos falavam q eu estava enlouquecendo,sem ter informação do que estava acontecendo comigo meus pais ate deixo meio de lado e parou por um tempo e aos 15 anos volto forte denovo esta sensação e hoje eu faço um tratamento pq ja tive crise confusivas tmbm e tomo remedio mas tem semanas q eu tenho deja vu todos dias e as vezes passo mes sem passar este mal, estou procurando a cura desse mal !! alguem ja conseguiu? tem alguma informação??? meu email e fernandades.filipe23@yahoo.com.br
alisson.BA
2012-07-20
02:58
eu ja tive essas sensaçoes de ter vivenciado o que eu nunca vivenciei,mas no meu consciente afirma que ja tinha passado pela tal cituaçao, muito esquisito isso.....por exemplo:estamos conversando de tal assunto num tal lugar,dai me vem na cabeça que ja tinhamos conversado esse tal assunto nesse tal lugar.
jobson
2012-11-04
22:27
meu nome e jobson, juiz de fora, euma situaçao, muito ruim, me da nauseas,e e uma sensaçao estranha, um dia estava comprando um pneu, eu falei com a moça estou comprando de novo vc lembra de mim ai eu dei conta que nunca fui na quele lugar, vc volta ao normal muito ruim, eu tenho medo de quando eu estiver dirigindo.
Manza
2012-11-11
15:15
O homem sempre tentando explicar cosas inexplicáveis, sempre relacionando a doenças.
certamente pensam que são Deuses, eu tenho estes pressentimentos e não os vejo como uma doença.
Muitas vezes, fui salva de certas coisas devido a minhas sensações de ter vivido aquilo antes.
Então para mim, isto não é uma doença e sim uma benção uma vez que me salvou de várias situações que poderiam ter causado estragos enormes em minha vida..
Emanuela
2012-11-20
20:53
Nossa fiquei bem aliviada ao ler a matéria e os comentários e ver que não estou sozinha... as minhas sensações são relacionadas a sonhos que tive anteriormente é como se o que eu sonhei acontecesse exatamente... não são eventos gdes apenas coisas simples... a sensação dura cerca de 30 segundos e vem acompanhada de calfrios sinto meu rosto enrubecer e uma pressão na cabeça é como se no momento eu saísse do corpo e tudo perdesse a importância ... tenho essas sensações normalmente no período pré menstrual e em momentos de grande estresse psicológico ... acompanhado destes fenomeno que antes eu não havia relacionado até ler a matéria tenho preda de memória ... não são coisas pequenas .... esqueço de viajens que eu fiz ... pessoas que conheci a ponto de falar que nunca fui no lugar ... neste período estas sensações estão aumentando tenho tido pelo menos 4 vezes ao dia os intermináveis 30 segundos ... me ajudem ... alguem conhece algum tratamento?
yago
2012-12-10
09:23
esse coisa precisa ser tratada logo e muito mais cansa de saber que ja aconteceu
thabata honfi
2012-12-27
13:15
tenho 35 anos e ja à muito tempo sofro com o déjà vu,so que eu desmaiu,minha pressão cai bruscamente.eu sonho com situações na pele de outra pessoa,sempre a mesma pessoa e depois eu as vivencio no meu dia-a-dia a sensação é insuportavl então simplesmente apago e desmaiu.tento buscar explicações mas não consigo.
Railane
2013-01-19
15:42
É muito interessante. Quando isso acontece comigo, fico logo pensando quer ver fulano falar isso... quer ver acontecer isso. Depois de alguns segundos penso quer ver, está acabando, já ta passando, e ai fica tudo normal. Acontece exatamente como se já tivesse vivido determinada situação. Exatamente a mesma pessoa, a mesma roupa, o mesmo lugar, a mesma conversa. Até que tudo passa e eu me pergunto porque isso smpre acontece.
O interessante mesmo é quando eu falo o que a pessoa iria falar. Tem gente que fica impressionada e pergunta como é que vc sabe que eu ia falar isso?
Cristiane
2013-01-29
22:51
Sinceramente n acho q o déjá vu tenha alguma ligação com a ciencia, acho q é extremamente espiritual, claro q alguns cientistas para ter o controle da situação alegam q o problema está no cerebro, discordo totalmente, o paciente é direcionado para ser acompanhado por um especialista, é introduzido inumeras substâncias em remédios, e o resultados todos nós já sabemos.
Maria Marta Rodrigues
2013-02-12
20:24
Há tempos vinha buscando uma explicação para o que sentia: uma sensação de já ter vivido aquela situação, seguida de um mal estar horrível como náuseas e sudorese. Como sou ligada à área da saúde, busquei a resposta em médicos. Fiz vários exames neurológicos, inclusive ressonância magnética e não foi encontrado nada de anormal em meu cérebro.
Um dos médicos que procurei apontou a epilepsia como uma das patologias com esses sintomas. Acontece que nunca tive convulsões nem perda de conciência.
Se alguém souber de algo mais recente que explique essa sensação comunique-se comigo.
m_rodriguesbio@yahoo.com.br

2013-02-16
21:01
Sinto isso sempre, (deja vú) e me incomoda muito,sei que numca estive nos locais antes, mas sempre fica aquele sentimento, eu já fiz isto antes, ou já passei por isso antes,havia lido algo em pesquisas em neuropsicologia, e acredito sim que se trata de um problema na forma de processamento neural.
gabriel
2013-03-21
19:17
eu tenhu isso(deja vú) mais nao é todas as vezes mais em alguns sonhos ja vi lugares .. que de pois de algumas semanas eu passei por ele fico aquele sentimento pq tipo no meu sonho eu vi aquele local mais nunca passeei por ele e nem sabia que existia ? isso é anormal?
raquel
2013-03-26
11:58
e muito estranho mesmo eu tenho deja vú desde de pequena esporadicamente , mas tenho esta sensaçao a cada 2 semanas ou coisa assim sinistro pensei que era a unica
LucianoSantos
2013-08-01
00:11
Eu tenho DJAVU ja faz alguns anos mas não e com frequência que acontece mas quando isso acontece em mim as vezes da uma ancia de vomito! Isso e muito ruim alguem tem algum medico especialista no assunto para tirar algumas duvidas? meu email luciano_santosfly@hotmail.com. obrigado!
cristiane
2013-10-02
22:14
Eu tenho DJAVU mais as vezes vem acompanhado de ancia de vomito,tontura gostaria de saber o que eu posso fazer to ficando preocupada a uns 10anos atras eu tinha isso mais passou agora voltou de novo eu não sei mais o que fazer por favor me ajudem.
Meu email tainabm10@hotmail.com
obrigada!

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Alunos aplicam ciência para detectar
mão criminosa nos incêndios

Scientists discovered a new player in mental diseases

Insucesso Escolar e competências transversais:
uma forma alternativa de observar o problema…

Investigador do IPLeiria distinguido nos EUA
na área da Biomecânica do Desporto

Luísa «lança-se» aos mares
e «deixa» a esclerose em terra

«Importa perceber o grau
de literacia científica do ilustrador

As mulheres ainda preferem o parto natural

Portugal acolhe o maior Congresso Europeu sobre a China

Cegonhas «contra» nova directiva Europeia

Associação Portuguesa de Estudos Franceses
recebe Prémio Hervé Deluen

Reclusos de Castelo Branco vão ver o sol
(não aos quadradinhos)

Fernando Pestana da Costa eleito presidente da SPM

Hortas urbanas têm solos com excesso de metais pesados

Coimbra cria programa pioneiro para a infertilidade

Jovem português «bronzeia-se» na Física

Aditivos alimentares sintéticos e naturais:
quem vai ganhar a «guerra»?

Qual é o número de moléculas dentro de células?

CESPU e Universidade de Barcelona
juntas no ensino da saúde

João Ramalho- Santos lidera CNC

GILEAD SCIENCES apoia projectos científicos
com 200 mil euros

Marta Catarino é vice-presidente da associação europeia
de transferência de conhecimento

Dr. ROAD – o “médico” das estradas - nasce em Coimbra

Um «osso» para a cabeça? Uma porta para o carro?
Uma peça para uma aeronave? É para já!

Livro ensina pais a alimentarem crianças

Investigadores do Porto distinguidos
com Prémio Grünenthal Dor

Portugueses conquistam duplo bronze
nas Olimpíadas Internacionais de Biologia

Rui Costa vence mais um prémio internacional

Quando a matemática «joga» rugby

UTAD valoriza da Dieta Mediterrânica

Vem aí o Aquila, o Fórmula 1
da Universidade de Aveiro