Receba as notícias:

Passeio micológico dá a conhecer fungos e cogumelos do Alentejo

Iniciativa do Departamento de Biologia da Universidade de Évora

2008-12-11
Alunos conhecem diferentes tipos de fungos
Alunos conhecem diferentes tipos de fungos

Um "passeio micológico" é mais uma forma de o Departamento de Biologia da Universidade de Évora (UE) dinamizar o projecto Venha conhecer os cogumelos, que designa como "uma riqueza do Alentejo". Dia 14, na Herdade da Mitra, alunos e outros interessados poderão perceber como se formam e, por exemplo, as diferenças entre os cogumelos venenosos e os comestíveis.

A mesa é, aliás, o local onde eles aparecem à maioria das pessoas. Com várias espécies e formas, explica a UE numa nota de anúncio da iniciativa, os cogumelos têm um importante papel no ecossistema e na economia local e nacional.

Há uma grande diversidade de fungos que produzem cogumelos, na zona do Alentejo, e a equipa que desenvolve projectos na área da micologia no Departamento de Biologia da universidade alentejana pretende dar a conhecer ao público a sua importância e a sensibilizar para a necessidade de os proteger e conservar.

Celeste Silva, daquele departamento, e investigadora na área da micologia, destaca a receptividade dos alunos para iniciativas como o passeio micológico. "Os alunos ficam fascinados com a ida ao campo, a explicação e a oportunidade de, no laboratório, observarem o que recolheram no campo. Sentem-se uns pequenos cientistas", conta.

No Alentejo, as diferentes paisagens, como os prados e pastagens, os matos, os azinhais/sobreirais, os pinhais e os eucaliptais, oferecem diferentes características que permitem às diferentes espécies de fungos encontrarem condições para se instalarem. Cada ecossistema oferece diferenças ambientais que vão garantir a sobrevivência dos fungos. Deste modo, os passeios micológicos são "um modo engraçado e divertido de conhecer o ecossistema e os cogumelos que aqui se formam e que contribuem para a conservação do sistema de montado alentejano", refere a nota da UE.

Os cogumelos são produzidos por fungos durante a reprodução sexuada e tal como os frutos, produzem, protegem e dispersam esporos, que são estruturas que, em condições de humidade e temperaturas favoráveis, germinam e originam novos organismos. Os cogumelos estão, para os fungos que os produzem, como a maçã está para a macieira. Esses novos organismos apresentam diferentes formas, tamanhos, cores, cheiros e texturas que vão influenciar a sua dispersão. Formadores credenciados e reconhecidos pela Ordem dos Biólogos estarão, domingo, a servir de guias aos alunos e outros interessados em participar no passeio, que culmina com um almoço.

Informações e inscrições para o correio electrónico css@uevora.pt ou através do telefone 933 168 388. Pode ainda visitar a página do projecto de divulgação da universidade em www.projectos.uevora.pt/cogumelo.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Hepatite C “pode estar erradicada dentro de alguns anos”

Área ardida em Portugal terá redução drástica
se houver prevenção de incêndios

Milheirinhas: os machos mais coloridos
cuidam melhor da plumagem

Aveiro abre caminho ao tratamento do vírus Ébola

Rastreios gratuitos a cancro de cabeça e pescoço
até sexta-feira em 12 hospitais

Universidades do Porto, Aveiro e Técnica de Lisboa lideram
produção científica das instituições científicas do Ensino Superior

Quimioterapia pode prejudicar doentes terminais

Todos os seropositivos devem receber terapia
independentemente da carga viral

Coimbra confirma eficácia de terapia inovadora
em vários tipos de cancro

Exterior dos jardins de infância não promove
desenvolvimento saudável das crianças

Novo medicamento pode retardar Alzheimer

Torres Vedras campeã do Mundo em robótica

Injecções em árvores vão controlar pragas de insectos

Oftalmologista português distinguido nos EUA

Jovem com VIH em remissão após tratamento precoce

Portugal é o 12º país europeu com mais projectos
submetidos ao Horizon 2020

Perigos dos microplásticos e dos fármacos preocupam ambientalistas

Quando soube que tinha cancro pensei:
cheguei ao fim da vida!

Cérebro dos desportistas responde 82% mais rápido
em situações de forte pressão

Empresas pagam propinas aos melhores candidatos
a engenharia física da Universidade de Aveiro

Rim é o órgão mais transplantado em Portugal

Jovem da Madeira conquista medalha de bronze
nas Olimpíadas da Biologia

Candidatos de mestrado de informática
têm incentivos na FCUL

Futuros médicos da UMinho apoiam
idosos isolados de Vila Real

Congresso Internacional da UTAD alerta para os novos contaminantes da água, ar e solo

Acelerador da COTEC distinguido nos Prémios Europeus
de Promoção Empresarial

Minho participa no RoboCup’2015

UTAD aposta no sucesso escolar
e inova no abandono escolar

Fígado gordo não alcoólico será “grande causa”
de doença hepática

Aí está a primeira corrida de carros solares tripulados