Receba as notícias:

Universidade de Madeira promove curso de Nanoquímica com especialista finlandês

Kari Rissanen, da Universidade de Jyväskylä, é o convidado da segunda edição da «Nanoschool»

2009-10-06
Kari Rissanen, da Universidade de Jyväskylä
Kari Rissanen, da Universidade de Jyväskylä
O finlandês Kari Rissanen, da Universidade de Jyväskylä, é o convidado especial da segunda edição da «Nanoschool», a realizar entre 12 e 15 de Outubro na Universidade da Madeira. Investigador especializado em dendrímeros e condutores moleculares, Rissanen exerce a Cátedra de Química Orgânica.

Em conversa com Ciência Hoje, João Rodrigues, coordenador científico do Centro de Química, explicou que o curso surge da vontade de “todos os anos se reforçar a formação das áreas complementares do curso de Química”.
Vocacionado para investigadores do Departamento de Química da Universidade da Madeira, este curso, intitulado «Química Supramolecular e Nanoquímica», está também aberto a alunos do Mestrado em Bioquímica Aplicada e aos alunos do terceiro ano da Licenciatura em Bioquímica. 

A investigação na área da nanoquímica, explica João Rodrigues, tem um papel fundamental “para áreas como a Medicina, a óptica não linear e a nano-electrónica”. Os químicos “trabalham com moléculas e átomos”. Esta área de estudo relativamente recente, estuda “as propriedades únicas que possuem os materiais à escala nano (10 elevado a menos 9) e que se diferenciam dos materiais da escala macro”.

João Rodrigues
João Rodrigues
No âmbito do curso, Kari Rissanen vai apresentar ainda uma palestra, aberta ao público em geral, dia 14, intitulada «Funções Químicas à escala Nano», onde vai apresentar dois artigos seus publicados na revista «Science».

O professor Kari Rissanen mantém relações com esta universidade há já alguns anos. “Desde 2003 que tem orientado mestrados nesta área, deslocando-se à nossa universidade de dois em dois anos”.

João Rodrigues espera obter o sucesso da edição anterior, que teve como convidada Luísa De Cola, professora visitante da Universidade de Twente, Harvard e UCLA e responsável pela disciplina de nanoelectrónica e nanofotónica na Universidade de Münster.

Tal como no ano anterior, o curso é gratuito, característica que se vai tentar manter nos próximos anos.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

IMM avança no estudo de miopatia centronuclear

Cientistas do IST propõem teste experimental
para a equação mais exótica da física clássica

Português galardoado pela primeira vez
com prémio norte-americano em biologia reprodutiva

Investigador da UC preside a comissão mundial responsável
pela descrição e classificação de bactérias

Empreendedores Portugueses aceleram nos Estados Unidos
em programa de imersão «inRes»

Universidade de Coimbra no topo
da imagiologia molecular mundial

Leptospirose humana nos Açores:
da resposta imunológica à susceptibilidade genética

«Meu dito, meu escrito» ou de como a Ciência
já conheceu melhores dias em Portugal

O sucesso escolar começa à mesa!

Professora da UMinho vence prémio ibérico de contabilidade

João Falcão e Cunha é o novo director da FEUP

Mega experiência estuda o impacto das alterações climáticas
na biodiversidade da península ibérica

Os porquês do colapso da plataforma de gelo Larsen B

Investigadora de Coimbra reduz em 26,5%
a ocorrência de flebites

Equipa de Coimbra cria aerogel em spray
que permite isolar foguetões

Bioquímica portuguesa homenageada em Estocolmo

Esperar ou não esperar
- o papel da confiança na tomada de decisões

Implantes dentários «ganham» volume ósseo

Em Portugal um tratamento específico
depende da região onde se mora

Eousdryosaurus, o pequeno dinossauro
que viveu num tempo de gigante

Um em cada quatro já traiu

A Ciência da Gestão de Ciência e Tecnologia
– reflexões de uma despedida

A ansiedade de estar doente no hospital?
O ambiente do quarto pode ajudar!

Prémio António Champalimaud reconhece tratamento
revolucionário de doenças graves da visão

João Rocha é o primeiro português
da European Academy of Sciences

O Porto na Guerra Fria

Nariz electrónico pode detectar
subgrupos de asma nas crianças

Oceanos de Esperança chegou a Boston

Braga quer construir travessas de caminho-de-ferro
com resíduos de plásticos mistos

Comer com sucesso no Mercado do Bom Sucesso