Receba as notícias:

A ciência servida no prato

Livro explica culinária com conhecimentos científicos

2009-12-03
Por Carla Sofia Flores
Todos os processos culinários têm por de trás justificações científicas maioritariamente desconhecidas por quem cozinha.

Na perspectiva de clarificar a gastronomia à luz da ciência, Margarida Guerreiro e Paulina Mata escreveram o livro “A Cozinha é um Laboratório”, que foi lançado ontem e irá ajudar os seus leitores a compreender alguns enigmas da culinária.

Tudo começou quando, em 2001, o Ciência Viva lançou o desafio às duas investigadoras químicas para participarem na iniciativa “A Cozinha é um Laboratório”, que pretendia desmistificar os conceitos científicos inerentes à culinária.

Paulina Mata, que se assume como uma “amante da ciência e da culinária”, explicou ao Ciência Hoje que o projecto foi levado às escolas e a programas de televisão (nomeadamente em ABCîência - ver vídeo abaixo) e, a partir dos diversos contactos e das múltiplas actividades desenvolvidas, decidiram passar para o papel o fruto desta experiência.

“Trata-se de um livro ligeiro e simples, num estilo bem-disposto, que pretende mostrar às pessoas que a ciência está no seu quotidiano e chamar a atenção para alguns fundamentos errados que por vezes têm em conta”, referiu a docente da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Faculdade Nova de Lisboa (FCT-UNL).

Conceitos e receitas

O livro é composto por dois capítulos, um em que fazem uma introdução a conceitos relacionados com a alimentação como “proteínas, hidratos, lípidos, água e calor”, e outro onde explicam técnicas e apresentam determinados alimentos e algumas receitas, analisando-as “passo a passo” através do conhecimento científico.

“Não é uma abordagem profunda, mas é rigorosa, de forma a interessar a várias faixas etárias, desde os mais novos aos seus avós”,
acrescentou a autora, que considera que o livro pode ser lido a partir dos 14 anos.

A mesma frisou que a leitura não precisa de ser sequencial, sendo que os 37 capítulos individuais podem ser lidos aleatoriamente, sem que percam o sentido. Além disso, destacou a abundância das ilustrações nesta publicação editada pela Fonte da Palavra, da autoria de Leonor Pinela, e que a tornam “ainda mais atractiva e interessante”.

O balanço desta experiência de oito anos que culminou com a edição deste livro foi muito positivo. “Adoramos a ciência e a culinária, pelo que esta junção foi natural. Espero que todos tenham curiosidade em ler o livro e que assim consigamos captar a atenção e o interesse daqueles que normalmente estão ‘fora’ da ciência”, concluiu Paulina Mata.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Bactéria da flora intestinal de mosquitos
pode bloquear transmissão de malária e dengue

Subvalorizar o Ébola é crime!

Pepinos do mar já podem ser produzidos em aquacultura

A Ciência na educação pré-escolar

A guerra dos espermatozóides

O Viagra protege o coração para além do quarto

Premiado dispositivo portátil
para recuperar lesões desportivas

Aí está o andarilho inteligente motorizado
com «marca» portuguesa

Ajuda de emergência para «overdoses»

Investigadores portugueses abrem novas possibilidades
no desenho de vacinas contra o cancro

Porquê eu? Muitas mulheres que vivem na pobreza
culpam os filhos e a vida amorosa

O papel dos "oásis" oceânicos nas interacções
entre organismos marinhos

Planta substituta de sal desenvolvida
em cultura in vitro por aluna da UTAD

Trabalho de investigadores da UA
cruza-se com o do Nobel da Física 2014

José Vieira da Universidade do Minho
foi eleito presidente da FEANI

Machimosaurus: o crocodilomorfo
de nove metros do Jurássico de Portugal

Investigação do IMM sobre causas e tratamento
da doença de Crohn premiada nos EUA

Jet lag prejudica funções cognitivas a curto prazo

Quando melhores descobertas ganham destaque
nas primeiras páginas dos jornais e nos telejornais

Investigadores do Porto distinguidos com prémio Grünenthal Dor

Fundação Champalimaud e governo do Rajastão
investem em clínica para o cancro

Visão sem precedentes de duzentas galáxias no Universo

Pistas para a neutralização do HIV

Homens e mulheres avaliam arte de forma diferente

Aumento do desemprego (também) pode
colocar em causa o futuro da Segurança Social

Colar os cromossomas no sítio certo

Cientista Português identifica mecanismo que evita
o suicídio celular e um potencial alvo contra o cancro

Maior painel termodinâmico do mundo é português

Jogos interactivos auxiliam vítimas de AVC

Nobel da Química premeia invenção
do microscópio fluorescente de alta resolução