Receba as notícias:

A ciência servida no prato

Livro explica culinária com conhecimentos científicos

2009-12-03
Por Carla Sofia Flores
Todos os processos culinários têm por de trás justificações científicas maioritariamente desconhecidas por quem cozinha.

Na perspectiva de clarificar a gastronomia à luz da ciência, Margarida Guerreiro e Paulina Mata escreveram o livro “A Cozinha é um Laboratório”, que foi lançado ontem e irá ajudar os seus leitores a compreender alguns enigmas da culinária.

Tudo começou quando, em 2001, o Ciência Viva lançou o desafio às duas investigadoras químicas para participarem na iniciativa “A Cozinha é um Laboratório”, que pretendia desmistificar os conceitos científicos inerentes à culinária.

Paulina Mata, que se assume como uma “amante da ciência e da culinária”, explicou ao Ciência Hoje que o projecto foi levado às escolas e a programas de televisão (nomeadamente em ABCîência - ver vídeo abaixo) e, a partir dos diversos contactos e das múltiplas actividades desenvolvidas, decidiram passar para o papel o fruto desta experiência.

“Trata-se de um livro ligeiro e simples, num estilo bem-disposto, que pretende mostrar às pessoas que a ciência está no seu quotidiano e chamar a atenção para alguns fundamentos errados que por vezes têm em conta”, referiu a docente da Faculdade de Ciência e Tecnologia da Faculdade Nova de Lisboa (FCT-UNL).

Conceitos e receitas

O livro é composto por dois capítulos, um em que fazem uma introdução a conceitos relacionados com a alimentação como “proteínas, hidratos, lípidos, água e calor”, e outro onde explicam técnicas e apresentam determinados alimentos e algumas receitas, analisando-as “passo a passo” através do conhecimento científico.

“Não é uma abordagem profunda, mas é rigorosa, de forma a interessar a várias faixas etárias, desde os mais novos aos seus avós”,
acrescentou a autora, que considera que o livro pode ser lido a partir dos 14 anos.

A mesma frisou que a leitura não precisa de ser sequencial, sendo que os 37 capítulos individuais podem ser lidos aleatoriamente, sem que percam o sentido. Além disso, destacou a abundância das ilustrações nesta publicação editada pela Fonte da Palavra, da autoria de Leonor Pinela, e que a tornam “ainda mais atractiva e interessante”.

O balanço desta experiência de oito anos que culminou com a edição deste livro foi muito positivo. “Adoramos a ciência e a culinária, pelo que esta junção foi natural. Espero que todos tenham curiosidade em ler o livro e que assim consigamos captar a atenção e o interesse daqueles que normalmente estão ‘fora’ da ciência”, concluiu Paulina Mata.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Ciência Hoje não vai de férias! Apoie este jornal!

Oceans of Hope chega a Lisboa para mudar percepções
sobre esclerose múltipla em Portugal

Com um euro pode combater a dor crónica

Estudo da UMinho avalia efeito de corticosteroides
no desenvolvimento dos bebés prematuros

Rapazes mais depressivos do que elas

Assim em Marte como na Terra

O primeiro genoma foi descodificado
numa cooperação Luso-Brasileira – Desulfovibrio gigas

Alunos aplicam ciência para detectar
mão criminosa nos incêndios

Scientists discovered a new player in mental diseases

Insucesso Escolar e competências transversais:
uma forma alternativa de observar o problema…

Investigador do IPLeiria distinguido nos EUA
na área da Biomecânica do Desporto

Luísa «lança-se» aos mares
e «deixa» a esclerose em terra

«Importa perceber o grau
de literacia científica do ilustrador

As mulheres ainda preferem o parto natural

Portugal acolhe o maior Congresso Europeu sobre a China

Cegonhas «contra» nova directiva Europeia

Associação Portuguesa de Estudos Franceses
recebe Prémio Hervé Deluen

Reclusos de Castelo Branco vão ver o sol
(não aos quadradinhos)

Fernando Pestana da Costa eleito presidente da SPM

Hortas urbanas têm solos com excesso de metais pesados

Coimbra cria programa pioneiro para a infertilidade

Jovem português «bronzeia-se» na Física

Aditivos alimentares sintéticos e naturais:
quem vai ganhar a «guerra»?

Qual é o número de moléculas dentro de células?

CESPU e Universidade de Barcelona
juntas no ensino da saúde

João Ramalho- Santos lidera CNC

GILEAD SCIENCES apoia projectos científicos
com 200 mil euros

Marta Catarino é vice-presidente da associação europeia
de transferência de conhecimento

Dr. ROAD – o “médico” das estradas - nasce em Coimbra

Um «osso» para a cabeça? Uma porta para o carro?
Uma peça para uma aeronave? É para já!