Receba as notícias:

Relato original de Isaac Newton e da maçã revelado ao público

Royal Society disponibiliza «on line» a biografia escrita por William Stukeley, em 1752

2010-01-18
Isaac Newton elaborou a lei da gravidade
Isaac Newton elaborou a lei da gravidade
Um dia, Isaac Newton (1643-1727) estava sentado à sombra de uma macieira no jardim de sua casa quando de repente de interrogou: «Por que é que as maçãs caem sempre perpendicularmente ao solo?».

Neste momento, um dos mais relatados na História da Ciência, a noção de gravidade começava a ganhar forma. Pela primeira vez, é revelado ao público o manuscrito em que originalmente é contado esse episódio.
O manuscrito de «Memoirs of Sir Isaac Newton's Life», escrito por William Stukeley, em 1752, estava nos arquivos da Royal Society, de Londres, e é agora dado a conhecer através do website «Turning the Pages», elaborado a propósito do 350º aniversário daquela instituição britânica.

William Stukeley foi amigo e o primeiro biógrafo de Newton. Este antiquário e arqueólogo pioneiro no estudo de Stonehenge, acompanhou sempre os pensamentos de Newton. Muitas vezes com ele se sentou debaixo da famosa macieira e foi lá que testemunhou as primeiras reflexões do físico acerca da teoria da gravidade.

Na biografia, Stukeley relata que Newton lhe contou que foi nessa mesma situação, num momento de contemplação, que a queda de uma maçã fez luz na sua mente.

De grande importância para historiadores e cientistas, esta obra está agora disponível para consulta na seguinte página: www.royalsociety.org/turning-the-pages.
João
2010-01-18
20:23
De uma das perguntas mais estúpidas que alguma vez alguém podia ter feito (porquê que as maças caem?) nasceu umas das mais inteligentes e geniais respostas. (Fg=GmM/r^2)
Plinio
2010-01-19
12:13
Precisamos encontrar alguma contra-fôrça que
possa controlar a lei da gravidade na
geosfera.
Phelipo Sales
2010-01-19
14:19
O mundo é percebido pelos nossos sentidos que levão todas informações para o cérebro e o ele cria uma interpretação realidade. Então a consciencia produz um mundo novo.
A.C.
2010-01-19
16:49
Inteligências como a de Sir Isaac Newton são raras.
Paulo Cezar- mestrando da UFC
2010-01-20
10:56
Depois de respondido esta pergunta a maior construção foi pensar na medida da distância ao quadrado.
marilena
2010-03-27
20:15
E muito legal senta deibaixo de uma macieira para observar como é a gravidade da maçã na terra.
Lucia
2010-09-07
19:39
eu achei bem enteresante
laura
2011-06-12
04:16
de uma coisa ta simples, (o fato das coisas cairem quando soltas no ar) ele conseguiu elaborarum pensamento tao estupendo!
muito interessante!
ayanne
2013-03-04
20:42
legal gostei muito
julia
2013-03-04
21:19
ótima resposta,genial.
alice
2013-03-05
23:38
Vai me ajudar muito
Geovane
2014-04-13
15:51
Será que se ele não tivesse pensado nisso (atração gravitacional) algum outro cientista iria conseguir pensar? Albert Einstein?
Sem falar das teorias e outros estudos que utilizam essa lei.

- Isaac Newton, sem dúvidas, um dos mais inteligentes da história da humanidade.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Sistema reduz de meses para dias o tempo necessário
para os cientistas testarem hipóteses

Empresa tecnológica de Braga serve milhões de pessoas

Investigadores de Coimbra avançam na luta
contra a febre da carraça e tifo epidémico

Uma «estranha» forma de atracção

A tinta que «pinta» a energia da luz solar em energia eléctrica

Amamentar diminui o risco de depressão pós-parto

Portugueses do IMM abrem caminho
a nova terapêutica para leucemia pediátrica

Quando o chichi «dá» luz!

Menos nicotina não quer dizer mais cigarros

Não-me-esqueças, a planta rara redescoberta no Corvo

Da felicidade à dor: entender a função da serotonina

Treinar o cérebro para melhorar a capacidade mulitarefa

Historiadores de linguística de todo o Mundo
reúnem-se na UTAD

A espantosa capacidade de regeneração do pâncreas

Ébola não é porventura tão temível como a gripe

Bloquear os canais de potássio pode salvar vidas

Técnicas de meditação associadas ao budismo tibetano
podem melhorar o desempenho do cérebro

O meu automóvel conduz, estaciona e recarrega-se sozinho

Congresso Mundial de Investigação marinha
no Oceanário de Lisboa

Iraniana é a primeira mulher
a ser distinguida com o «Nobel» da Matemática

Alunos da UMinho desenvolvem protótipos todo-o-terreno

Todos pela Antártida

A Roseta foi ao cometa

Concelhos despovoados e com poucos bombeiros
são os mais atingidos pelos fogos

As barreiras dos serviços de saúde
que afectam os imigrantes

As barreiras dos serviços de saúde que afectam os imigrantes

“La réalité n’existe pas”

Como os mamíferos e as moscas se alimentam:
semelhanças surpreendentes

Células "secundarias" do sistema nervoso são afinal cruciais
para a cognição e doenças mentais

As duas caras da misteriosa Azobenzeno