Receba as notícias:

Relato original de Isaac Newton e da maçã revelado ao público

Royal Society disponibiliza «on line» a biografia escrita por William Stukeley, em 1752

2010-01-18
Isaac Newton elaborou a lei da gravidade
Isaac Newton elaborou a lei da gravidade
Um dia, Isaac Newton (1643-1727) estava sentado à sombra de uma macieira no jardim de sua casa quando de repente de interrogou: «Por que é que as maçãs caem sempre perpendicularmente ao solo?».

Neste momento, um dos mais relatados na História da Ciência, a noção de gravidade começava a ganhar forma. Pela primeira vez, é revelado ao público o manuscrito em que originalmente é contado esse episódio.
O manuscrito de «Memoirs of Sir Isaac Newton's Life», escrito por William Stukeley, em 1752, estava nos arquivos da Royal Society, de Londres, e é agora dado a conhecer através do website «Turning the Pages», elaborado a propósito do 350º aniversário daquela instituição britânica.

William Stukeley foi amigo e o primeiro biógrafo de Newton. Este antiquário e arqueólogo pioneiro no estudo de Stonehenge, acompanhou sempre os pensamentos de Newton. Muitas vezes com ele se sentou debaixo da famosa macieira e foi lá que testemunhou as primeiras reflexões do físico acerca da teoria da gravidade.

Na biografia, Stukeley relata que Newton lhe contou que foi nessa mesma situação, num momento de contemplação, que a queda de uma maçã fez luz na sua mente.

De grande importância para historiadores e cientistas, esta obra está agora disponível para consulta na seguinte página: www.royalsociety.org/turning-the-pages.
João
2010-01-18
20:23
De uma das perguntas mais estúpidas que alguma vez alguém podia ter feito (porquê que as maças caem?) nasceu umas das mais inteligentes e geniais respostas. (Fg=GmM/r^2)
Plinio
2010-01-19
12:13
Precisamos encontrar alguma contra-fôrça que
possa controlar a lei da gravidade na
geosfera.
Phelipo Sales
2010-01-19
14:19
O mundo é percebido pelos nossos sentidos que levão todas informações para o cérebro e o ele cria uma interpretação realidade. Então a consciencia produz um mundo novo.
A.C.
2010-01-19
16:49
Inteligências como a de Sir Isaac Newton são raras.
Paulo Cezar- mestrando da UFC
2010-01-20
10:56
Depois de respondido esta pergunta a maior construção foi pensar na medida da distância ao quadrado.
marilena
2010-03-27
20:15
E muito legal senta deibaixo de uma macieira para observar como é a gravidade da maçã na terra.
Lucia
2010-09-07
19:39
eu achei bem enteresante
laura
2011-06-12
04:16
de uma coisa ta simples, (o fato das coisas cairem quando soltas no ar) ele conseguiu elaborarum pensamento tao estupendo!
muito interessante!
ayanne
2013-03-04
20:42
legal gostei muito
julia
2013-03-04
21:19
ótima resposta,genial.
alice
2013-03-05
23:38
Vai me ajudar muito
Geovane
2014-04-13
15:51
Será que se ele não tivesse pensado nisso (atração gravitacional) algum outro cientista iria conseguir pensar? Albert Einstein?
Sem falar das teorias e outros estudos que utilizam essa lei.

- Isaac Newton, sem dúvidas, um dos mais inteligentes da história da humanidade.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Subvalorizar o Ébola é crime!

Pepinos do mar já podem ser produzidos em aquacultura

A Ciência na educação pré-escolar

A guerra dos espermatozóides

O Viagra protege o coração para além do quarto

Premiado dispositivo portátil
para recuperar lesões desportivas

Aí está o andarilho inteligente motorizado
com «marca» portuguesa

Ajuda de emergência para «overdoses»

Investigadores portugueses abrem novas possibilidades
no desenho de vacinas contra o cancro

Porquê eu? Muitas mulheres que vivem na pobreza
culpam os filhos e a vida amorosa

O papel dos "oásis" oceânicos nas interacções
entre organismos marinhos

Planta substituta de sal desenvolvida
em cultura in vitro por aluna da UTAD

Trabalho de investigadores da UA
cruza-se com o do Nobel da Física 2014

José Vieira da Universidade do Minho
foi eleito presidente da FEANI

Machimosaurus: o crocodilomorfo
de nove metros do Jurássico de Portugal

Investigação do IMM sobre causas e tratamento
da doença de Crohn premiada nos EUA

Jet lag prejudica funções cognitivas a curto prazo

Quando melhores descobertas ganham destaque
nas primeiras páginas dos jornais e nos telejornais

Investigadores do Porto distinguidos com prémio Grünenthal Dor

Fundação Champalimaud e governo do Rajastão
investem em clínica para o cancro

Visão sem precedentes de duzentas galáxias no Universo

Pistas para a neutralização do HIV

Homens e mulheres avaliam arte de forma diferente

Aumento do desemprego (também) pode
colocar em causa o futuro da Segurança Social

Colar os cromossomas no sítio certo

Cientista Português identifica mecanismo que evita
o suicídio celular e um potencial alvo contra o cancro

Maior painel termodinâmico do mundo é português

Jogos interactivos auxiliam vítimas de AVC

Nobel da Química premeia invenção
do microscópio fluorescente de alta resolução

Cientistas europeus manifestam-se dia 17
em Espanha, França e Itália