Receba as notícias:

Glicoconjugados e o seu potencial terapêutico

Artigo

2006-08-27
Por Por Gonçalo J. L. Bernardes *

A construção de conjugados homogéneos de proteínas através da modificação da superfície destas tem o potencial para revolucionar o conhecimento de um dos mais complexos processos biológicos, a posttranslational modification (PTM). Este processo é de vital importância na determinação da função da proteína e na sua estabilidade, estando envolvido em inúmeros processos biológicos desde a inflamação à expressão genética.

* Gonçalo J. L. Bernardes está em Oxford - de onde assina uma Carta de... para o Ciência Hoje - há três anos e neste momento está a completar o 2º ano de DPhil em Chemical Biology. A natureza deste trabalho que nos enviou justifica a sua inclusão em «Revista/ Artigo», secção de CH para as peças de carácter mais técnico.

 Uma grande surpresa aquando da divulgação do genoma humano (homo sapiens, ~20000,~25000), foi o facto de o número de genes não diferir substancialmente de outras espécies bem menos complexas como por exemplo as minhocas (~20000). Isto sugere que outros processos estão envolvidos e são responsáveis pela complexidade do sistema biológico humano, como por exemplo as PTMs.

É sabido que a PTM não está sob controlo genético dando origem a complexas mistura de conjugados proteicos. É também conhecido que cada componente destas misturas tem diferentes funções pelo que para a compreensão da sua função biológica é necessário criar métodos que permitam a construção de conjugados puros de proteínas.

Um dos processos de modificação de proteínas mais comuns é o de glicosilação, tendo sido estimado que cerca de metade das proteínas são glicosiladas. Recentemente, durante parte do meu doutouramento, foi desenvolvido um método que permite a glicosilação de oligossacáridos complexos a uma proteína. Mais precisamente, a introdução directa de um grupo tiol no centro anomérico de oligossacáridos 1 através do uso do reagente de Lawesson’s permite que estes sejam conjugados de um modo selectivo 2 a uma proteína.

Neste caso é usada uma proteína previamente modificada e onde foi introduzido um aminoácido não natural que permite a conjugação química selectiva dos oligossacáridos. Deste modo, conseguimos funcionalizar proteínas e explorar a introdução de marcadores biológicos, como é o caso dos açucares.

Este trabalho foi publicado na revista Angewandte Chemie Int. Ed. (2006, 45, 4007‑4111) e apresentado na forma de comunicação oral na International Carbohydrate Conference em Whistler, BC Canada. Este trabalho foi também reconhecido pelo Linacre College da Universidade de Oxford com a atribuição da EPA Cephalosporin Scholarship que distingue alunos da Universidade de Oxford pelos seus trabalhos no campo da Biomedecina.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Scientists discovered a new player in mental diseases

Insucesso Escolar e competências transversais:
uma forma alternativa de observar o problema…

Investigador do IPLeiria distinguido nos EUA
na área da Biomecânica do Desporto

Luísa «lança-se» aos mares
e «deixa» a esclerose em terra

«Importa perceber o grau
de literacia científica do ilustrador

As mulheres ainda preferem o parto natural

Portugal acolhe o maior Congresso Europeu sobre a China

Cegonhas «contra» nova directiva Europeia

Associação Portuguesa de Estudos Franceses
recebe Prémio Hervé Deluen

Reclusos de Castelo Branco vão ver o sol
(não aos quadradinhos)

Fernando Pestana da Costa eleito presidente da SPM

Hortas urbanas têm solos com excesso de metais pesados

Coimbra cria programa pioneiro para a infertilidade

Jovem português «bronzeia-se» na Física

Aditivos alimentares sintéticos e naturais:
quem vai ganhar a «guerra»?

Qual é o número de moléculas dentro de células?

CESPU e Universidade de Barcelona
juntas no ensino da saúde

João Ramalho- Santos lidera CNC

GILEAD SCIENCES apoia projectos científicos
com 200 mil euros

Marta Catarino é vice-presidente da associação europeia
de transferência de conhecimento

Dr. ROAD – o “médico” das estradas - nasce em Coimbra

Um «osso» para a cabeça? Uma porta para o carro?
Uma peça para uma aeronave? É para já!

Livro ensina pais a alimentarem crianças

Investigadores do Porto distinguidos
com Prémio Grünenthal Dor

Portugueses conquistam duplo bronze
nas Olimpíadas Internacionais de Biologia

Rui Costa vence mais um prémio internacional

Quando a matemática «joga» rugby

UTAD valoriza da Dieta Mediterrânica

Vem aí o Aquila, o Fórmula 1
da Universidade de Aveiro

Computadores «aprendem» português em Coimbra