Receba as notícias:

Glicoconjugados e o seu potencial terapêutico

Artigo

2006-08-27
Por Por Gonçalo J. L. Bernardes *

A construção de conjugados homogéneos de proteínas através da modificação da superfície destas tem o potencial para revolucionar o conhecimento de um dos mais complexos processos biológicos, a posttranslational modification (PTM). Este processo é de vital importância na determinação da função da proteína e na sua estabilidade, estando envolvido em inúmeros processos biológicos desde a inflamação à expressão genética.

* Gonçalo J. L. Bernardes está em Oxford - de onde assina uma Carta de... para o Ciência Hoje - há três anos e neste momento está a completar o 2º ano de DPhil em Chemical Biology. A natureza deste trabalho que nos enviou justifica a sua inclusão em «Revista/ Artigo», secção de CH para as peças de carácter mais técnico.

 Uma grande surpresa aquando da divulgação do genoma humano (homo sapiens, ~20000,~25000), foi o facto de o número de genes não diferir substancialmente de outras espécies bem menos complexas como por exemplo as minhocas (~20000). Isto sugere que outros processos estão envolvidos e são responsáveis pela complexidade do sistema biológico humano, como por exemplo as PTMs.

É sabido que a PTM não está sob controlo genético dando origem a complexas mistura de conjugados proteicos. É também conhecido que cada componente destas misturas tem diferentes funções pelo que para a compreensão da sua função biológica é necessário criar métodos que permitam a construção de conjugados puros de proteínas.

Um dos processos de modificação de proteínas mais comuns é o de glicosilação, tendo sido estimado que cerca de metade das proteínas são glicosiladas. Recentemente, durante parte do meu doutouramento, foi desenvolvido um método que permite a glicosilação de oligossacáridos complexos a uma proteína. Mais precisamente, a introdução directa de um grupo tiol no centro anomérico de oligossacáridos 1 através do uso do reagente de Lawesson’s permite que estes sejam conjugados de um modo selectivo 2 a uma proteína.

Neste caso é usada uma proteína previamente modificada e onde foi introduzido um aminoácido não natural que permite a conjugação química selectiva dos oligossacáridos. Deste modo, conseguimos funcionalizar proteínas e explorar a introdução de marcadores biológicos, como é o caso dos açucares.

Este trabalho foi publicado na revista Angewandte Chemie Int. Ed. (2006, 45, 4007‑4111) e apresentado na forma de comunicação oral na International Carbohydrate Conference em Whistler, BC Canada. Este trabalho foi também reconhecido pelo Linacre College da Universidade de Oxford com a atribuição da EPA Cephalosporin Scholarship que distingue alunos da Universidade de Oxford pelos seus trabalhos no campo da Biomedecina.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Uma «estranha» forma de atracção

A tinta que «pinta» a energia da luz solar em energia eléctrica

Amamentar diminui o risco de depressão pós-parto

Portugueses do IMM abrem caminho
a nova terapêutica para leucemia pediátrica

Quando o chichi «dá» luz!

Menos nicotina não quer dizer mais cigarros

Não-me-esqueças, a planta rara redescoberta no Corvo

Da felicidade à dor: entender a função da serotonina

Treinar o cérebro para melhorar a capacidade mulitarefa

Historiadores de linguística de todo o Mundo
reúnem-se na UTAD

A espantosa capacidade de regeneração do pâncreas

Ébola não é porventura tão temível como a gripe

Bloquear os canais de potássio pode salvar vidas

Técnicas de meditação associadas ao budismo tibetano
podem melhorar o desempenho do cérebro

O meu automóvel conduz, estaciona e recarrega-se sozinho

Congresso Mundial de Investigação marinha
no Oceanário de Lisboa

Iraniana é a primeira mulher
a ser distinguida com o «Nobel» da Matemática

Alunos da UMinho desenvolvem protótipos todo-o-terreno

Todos pela Antártida

A Roseta foi ao cometa

Concelhos despovoados e com poucos bombeiros
são os mais atingidos pelos fogos

As barreiras dos serviços de saúde
que afectam os imigrantes

As barreiras dos serviços de saúde que afectam os imigrantes

“La réalité n’existe pas”

Como os mamíferos e as moscas se alimentam:
semelhanças surpreendentes

Células "secundarias" do sistema nervoso são afinal cruciais
para a cognição e doenças mentais

As duas caras da misteriosa Azobenzeno

Investigadores do Minho premiados no Brasil

Avanços na compreensão da doença de Parkinson
abrem novas portas terapêuticas

Ciência Hoje não tem férias! Apoie este jornal!