Receba as notícias:

Determinação sexual difere entre mamíferos e aves

Estudo analisou três galinhas ginandromorfas
(com características de ambos os sexos)

2010-03-11
Samanta ou Samuel? Os investigadores dizem que é ambos
Samanta ou Samuel? Os investigadores dizem que é ambos
A determinação sexual entre aves e mamíferos acontece de um forma radicalmente diferente. Uma equipa de investigadores do Instituto Roslin, da Universidade de Edimburgo (Escócia), chegou a esta conclusão estudando três galináceos ginandromorfos, ou seja, com características de ambos os sexos. O artigo está agora publicado na «Nature».

A equipa descobriu que quase todas as células das galinhas têm uma identidade sexual inerente. Esta definição sexual «célula por célula» contrasta com a situação dos mamíferos, em que a identidade sexual é estabelecida através das hormonas.
Um dos galináceos estudados foi o ambíguo Sam (de Samanta e de Samuel). Em um dos lados, Sam era um galo perfeito, apresentando penugem esbranquiçada e músculos bem desenvolvidos. Do outro lado, as penas eram castanhas e os músculos mais delgados, como é normal nas galinhas.

Até agora, os cientistas pensavam que a determinação sexual dos pássaros seguia os padrões dos mamíferos.

As células dos embriões humanos são assexuadas até as gónadas (testículos ou ovários) se diferenciarem na sétima ou oitava semana de gestação. As hormonas segregadas pelas gónodas determinam, então, o sexo do embrião e de todas as células que ele contém.

Michael Clinton, do Instituto Roslin (Edimburgo)
Michael Clinton, do Instituto Roslin (Edimburgo)
Não se conhecem todos os segredos que determinam o sexo. Contudo, sabe-se que um gene localizado no cromossoma Y (SRY) induz o desenvolvimento dos testículos.

No caso dos galináceos, as galinhas são ZW e os galos são ZZ. A equipa de investigadores liderada por Michael Clinton esperava, no estudo, encontrar num dos lados, uma anomalia cromossómica que os pusesse na pista de um gene crítico similar ao SRY.

Mas não encontraram. Sam é verdadeiramente metade macho, metade fêmea. As suas células, distribuídas de forma assimétrica, ou são ZZ ou ZW. Portanto, todas as células são submetidas ao mesmo «banho» hormonal.

Assim, concluem que as hormonas não são as principais responsáveis pela determinação do sexo no galo e na galinha e que as suas células têm uma identidade sexual antes do desenvolvimento da gónoda.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Dê azeite ao seu coração

Dois jovens cientistas portugueses
entre oito distinguidos pela EMBO

Neste Natal dê o seu apoio ao Ciência Hoje

Efeitos da cafeína diferem com ou sem açúcar?

António Fernandes da Fonseca deixou a “sua marca”
na passagem pelo Mundo!

É possível estudar «cientificamente» as salsichas?
Universidades de Lisboa, Évora e Trás-os-Montes e Alto Douro fizeram investigação

UBI apresenta amanhã em Bruxelas
sistema de propulsão inovador

Podemos fazer algo para minimizar
ou mesmo evitar a demência?

"Santo graal da cardiologia" vence prémio Fundação Altran para a Inovação

Investigador da UC lidera investigação europeia
sobre as doenças de Parkinson e de Machado-Joseph

Equipa internacional revela o "big bang"
da evolução das aves

Henrique Leitão, vencedor do Prémio Pessoa:
“Um curso de física bem dado é uma verdadeira sinfonia”

Instituto do Território lança Agênca da Baixa Densidade

UC entre as instituições europeias que venceram
o projecto “Vida Saudável e Envelhecimento Activo”

Investigação científica da UE aberta para todos

Cientistas portugueses no vulcão da Ilha do Fogo

UC inaugura projecto pioneiro para resolver
problema da fruticultura nacional

Investigadores da UTAD promovem avanços significativos
na compreensão da doença de Alzheimer

Prémios Pfizer entregues hoje

“Espelho mágico” permite ver como as peças de roupa
de uma loja ficam na pessoa

Sexo de pinguins: como determiná-lo

Punir as crianças quando mentem não funciona

LED desenvolvido pela UA quer revolucionar tecnologia
que recebeu Nobel da Física

Habilidades de feira vs. bancos de escola

Beba vinho tinto! Pela sua saúde!

Aveiro «inventa» folha de fruta não comercializada

UMinho quer criar lentes e iluminação para daltónicos

Vinho e cultura melhores do que sol e areia
e Portugal pode beneficiar com isso

Desenvolvido em Espanha um modelo
para detectar a condução agressiva

Distinguido estudo do metabolismo
de células do cancro do pulmão