Receba as notícias:

Avião movido a energia solar completa voo de 26 horas

Volta ao mundo prevista para 2013

2010-07-09
O avião «Solar Impulse», que funciona apenas a energia solar, chegou ontem a bom porto depois de um voo experimental de 26 horas sem percalços, abrindo a via para a realização de uma volta ao mundo, que está prevista para 2013. Imaginado pelo suíço Bertrand Piccard, o avião aterrou na pista da base militar de Payerne, no oeste da Suíça, comandado pelo piloto e co-fundador do projecto André Borschberg. Foi recebido com aplausos por uma centena de espectadores.
O avião, cujas asas estão cobertas por 12 mil células fotovoltaicas que alimentam os quatros motores eléctricos, tinha descolado na quarta-feira da pista da base militar de Payerne e realizou parte do voo de noite, numa viagem inédita para o aparelho e para a equipa.

As baterias de lítio-polímero de 400 quilogramas instaladas no avião, que foram recarregadas pelos painéis solares ao longo do dia de quarta-feira, forneceram a energia necessária para manter o aparelho no ar durante o voo nocturno.

“Será um grande dia se tudo correr bem”, declarou, pouco antes da descolagem, Bertrand Piccard, conhecido por ter feito a primeira volta ao mundo em balão sem escala há mais de dez anos.

“O objectivo é voar sem carburante e mostrar que podemos ser muito menos dependentes da energia fóssil do que pensamos”, afirma.

André Borschberg, antigo piloto de aviões de combate, manteve-se 26 horas no ar a uma altitude superior a 8500 metros sem piloto automático.

Sete anos de trabalho foram necessários para concluir este avião, com uma envergadura de asas idêntica à de um Airbus A340 (63,40 metros) e um peso pluma de 1600 quilogramas.
Alexandra Boga
2010-07-12
08:52
Fantástico! Seria excelente se este tipo de veículos "limpos" começassem a ter o sucesso merecido.
Adelino O. Martins
2010-07-12
12:20
Gosto muito deste tema. Gostava de voar nesse avião. Imaginei um sistema de rega comandando por um relógio, que acciona uma auto-bomba que liga o sistema de rega duas horas entre as 06h00 e as 08h00
Rui Jose
2010-07-12
15:15
Enquanto o "stock alerta ou de ruptura" não for dado ou reconhecido o combustível fóssil prevalecerá. Qunato interesses não gravitam à sua volta!! O projecto de Bertrand Piccard foi subsidiado? De certo que não! O automóvel ecológico não será uma promoção de marca da industria que investe alguns excedentes de tesouraria?
jose vendruscolo
2010-07-15
00:15
Ate quando a humanidade vai emitir duvidas sobre os avioes eletricos carros eletricos e todas as tecnologias sustentaveis.
eu queria comprar um carro eletrico e nao posso ele custa 60000 e tem 40 mil de impostos.
as os carroes poluidores posso importar mais facil.
quanta hipocrisia e desrespeito aos cientistas

jose vendruscolo goiania

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Esperar ou não esperar
- o papel da confiança na tomada de decisões

Implantes dentários «ganham» volume ósseo

Em Portugal um tratamento específico
depende da região onde se mora

Eousdryosaurus, o pequeno dinossauro
que viveu num tempo de gigante

Um em cada quatro já traiu

A Ciência da Gestão de Ciência e Tecnologia
– reflexões de uma despedida

A ansiedade de estar doente no hospital?
O ambiente do quarto pode ajudar!

Prémio António Champalimaud reconhece tratamento
revolucionário de doenças graves da visão

João Rocha é o primeiro português
da European Academy of Sciences

O Porto na Guerra Fria

Nariz electrónico pode detectar
subgrupos de asma nas crianças

Oceanos de Esperança chegou a Boston

Braga quer construir travessas de caminho-de-ferro
com resíduos de plásticos mistos

Comer com sucesso no Mercado do Bom Sucesso

Lars Montelius é o novo director do INL

José Xavier participa no Atlas
sobre vida marinha no Oceano Antárctico

Utilizar Software de Código Aberto
permitiria ao Estado poupar milhões de euros

Trás-os-Montes apresentou no MInho cremes inovadores
que ajudam no tratamento de queimaduras, feridas profundas e psoríase

Sistema reduz de meses para dias o tempo necessário
para os cientistas testarem hipóteses

Empresa tecnológica de Braga serve milhões de pessoas

Investigadores de Coimbra avançam na luta
contra a febre da carraça e tifo epidémico

Uma «estranha» forma de atracção

A tinta que «pinta» a energia da luz solar em energia eléctrica

Amamentar diminui o risco de depressão pós-parto

Portugueses do IMM abrem caminho
a nova terapêutica para leucemia pediátrica

Quando o chichi «dá» luz!

Menos nicotina não quer dizer mais cigarros

Não-me-esqueças, a planta rara redescoberta no Corvo

Da felicidade à dor: entender a função da serotonina

Treinar o cérebro para melhorar a capacidade mulitarefa