Receba as notícias:

Garrafas de plástico serão recicladas para revestir calçadas

O plastisoil é um novo material desenvolvido com tripla função

2010-11-26
O Plastisoil dará permeabilidade ao solo
O Plastisoil dará permeabilidade ao solo
Naji Khoury, do Departamento de Engenharia Civil e do Ambiente na Universidade de Temple (EUA), desenvolveu uma nova sustância – plastisoil –, a partir de garrafas de plástico, para ser usada no revestimento de pavimentos.

A receita é simples: basta misturar terra quente, pó de PET-polyethylene terephthalate, derivado de garrafas de plástico reciclável e cascalho. O resultado é o plastisoil, um produto com um triplo interesse: uma nova forma de reciclagem do PET, dará permeabilidade ao solo – já que os grãos constituintes no alcatrão permitirão que a água se infiltre e evite inundações e o fabrico deste produto requer menos energia e um processo que fica barato do que usar o cimento tradicional, ou outros.
O material poderá ser usado como alternativa ao asfalto para passeios, parques de estacionamento e faixas de rodagem. “Ainda estamos a testar o plastisoil poroso para perceber se este reduz poluentes e tem a capacidade de filtrar”, refere o investigador na página da universidade.

O plastisoil trará benefícios ambientais, tendo em conta que é criado a partir polyethylene terephthalate (PET) das garrafas de plástico, podendo reduzir mil milhões de lixo que estas produzem anualmente.

Khoury e os colegas já começaram a pavimentar uma calçada no exterior do edifício principal para testar a consistência do material.
João Gil Borges
2010-11-29
13:20
Ora aqui está um òptimo destino a dar aos milhões de garrafas de plásticos que a incúria humana tem permitido que poluam o ambiente! Resta-me desejar que esta aplicação se torne prática o mais rapidamente possível entre nós.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Com um euro pode combater a dor crónica

Rapazes mais depressivos do que elas

Assim em Marte como na Terra

O primeiro genoma foi descodificado
numa cooperação Luso-Brasileira – Desulfovibrio gigas

Alunos aplicam ciência para detectar
mão criminosa nos incêndios

Scientists discovered a new player in mental diseases

Insucesso Escolar e competências transversais:
uma forma alternativa de observar o problema…

Investigador do IPLeiria distinguido nos EUA
na área da Biomecânica do Desporto

Luísa «lança-se» aos mares
e «deixa» a esclerose em terra

«Importa perceber o grau
de literacia científica do ilustrador

As mulheres ainda preferem o parto natural

Portugal acolhe o maior Congresso Europeu sobre a China

Cegonhas «contra» nova directiva Europeia

Associação Portuguesa de Estudos Franceses
recebe Prémio Hervé Deluen

Reclusos de Castelo Branco vão ver o sol
(não aos quadradinhos)

Fernando Pestana da Costa eleito presidente da SPM

Hortas urbanas têm solos com excesso de metais pesados

Coimbra cria programa pioneiro para a infertilidade

Jovem português «bronzeia-se» na Física

Aditivos alimentares sintéticos e naturais:
quem vai ganhar a «guerra»?

Qual é o número de moléculas dentro de células?

CESPU e Universidade de Barcelona
juntas no ensino da saúde

João Ramalho- Santos lidera CNC

GILEAD SCIENCES apoia projectos científicos
com 200 mil euros

Marta Catarino é vice-presidente da associação europeia
de transferência de conhecimento

Dr. ROAD – o “médico” das estradas - nasce em Coimbra

Um «osso» para a cabeça? Uma porta para o carro?
Uma peça para uma aeronave? É para já!

Livro ensina pais a alimentarem crianças

Investigadores do Porto distinguidos
com Prémio Grünenthal Dor

Portugueses conquistam duplo bronze
nas Olimpíadas Internacionais de Biologia