Receba as notícias:

Depressão tem explicação genética

Estudos distintos obtiveram as mesmas conclusões

2011-05-17
Depressão afecta um quinto das pessoas em algum momento da sua vida
Depressão afecta um quinto das pessoas em algum momento da sua vida
Duas investigações distintas chegaram à mesma conclusão ao procurarem uma explicação genética para a depressão. De acordo com os investigadores, o DNA do cromossoma 3 está ligado a este problema que afecta um quinto das pessoas em algum momento da sua vida. No entanto, não foi possível isolar nenhum gene específico que o cause.

Ambos os estudos foram feitos separadamente pela Universidade de Washington, em Saint Louis, nos EUA, e pelo King’s College, em Londres, na Inglaterra, sendo que os seus resultados foram publicadas pelo “American Journal of Psychiatry”.
“O que é impressionante é que os dois grupos encontraram exactamente a mesma região em dois estudos separados”, disse Pamela Madden, investigadora da instituição norte-americana. “Estávamos a trabalhar independentemente, sem nenhum tipo de colaboração, e quando procuramos uma forma de replicar as nossas descobertas, a equipa de Londres entrou em contacto e disse-nos que tinha encontrado a mesma ligação”, referiu ainda.

Gerome Breen, autor principal do trabalho britânico, destacou que esta é a primeira vez que se encontra “uma região genética associada à depressão”, sendo que, o que torna as descobertas “impactantes” é a semelhança entre os resultados de ambos os estudos.

Investigações anteriores já tinham sugerido que o risco de depressão poderia ser determinado pela genética. Os cientistas acreditam ainda que há mais genes envolvidos no processo e, apesar de afirmarem que as novas descobertas não terão impacto imediato para os pacientes, realçam que ajudam a compreender melhor o que causa destes problemas.
João Guilherme
2011-05-18
03:16
É bom mas só para o conhecimento. O importante é, urgentemente, atuar na sociedade para, sem prejudicar muito o funcionamento, diminuir drásticamente o stress e, consequentemente, a depressão, efeito direto do stress.
Para isso usamos os inúmeros estudos existentes, que fazem parte dos planeamentos das empresas nos projetos de produção de qualquer bem ou serviço.
Fizemos isso no automóvel que, em 1950 não tinha travão de disco, abs, air-bag nem cintos de segurança.
Ana Tapadinhas
2011-06-12
01:54
Pensar na Depressão não deve excluir os aspectos integrativos orgânicos e estruturais. O conhecimento do cérebro e a sua relação com a mente parece cada vez mais fascinante!

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Vacina contra o Ébola revela-se cem por cento eficaz

A verdade sobre a infertilidade

INSA e OMS lutam contra a obesidade infantil

Burro mirandês em risco de extinção

De como a diabetes afecta a fertilidade

UTAD e Federação Portuguesa de Voleibol avaliam
performance dos jogadores da selecção nacional

Portugal conquista pela primeira vez medalha
na Olimpíada Internacional de Química

IST recebe 69 Milhões de horas
num dos supercomputadores mais rápidos do mundo

Criadores do «Magalhães» chegam ao Uruguai

Minho quer extrair colagénio da pele de tubarão

Hepatite C “pode estar erradicada dentro de alguns anos”

Área ardida em Portugal terá redução drástica
se houver prevenção de incêndios

Milheirinhas: os machos mais coloridos
cuidam melhor da plumagem

Aveiro abre caminho ao tratamento do vírus Ébola

Rastreios gratuitos a cancro de cabeça e pescoço
até sexta-feira em 12 hospitais

Universidades do Porto, Aveiro e Técnica de Lisboa lideram
produção científica das instituições científicas do Ensino Superior

Quimioterapia pode prejudicar doentes terminais

Todos os seropositivos devem receber terapia
independentemente da carga viral

Coimbra confirma eficácia de terapia inovadora
em vários tipos de cancro

Exterior dos jardins de infância não promove
desenvolvimento saudável das crianças

Novo medicamento pode retardar Alzheimer

Torres Vedras campeã do Mundo em robótica

Injecções em árvores vão controlar pragas de insectos

Oftalmologista português distinguido nos EUA

Jovem com VIH em remissão após tratamento precoce

Portugal é o 12º país europeu com mais projectos
submetidos ao Horizon 2020

Perigos dos microplásticos e dos fármacos preocupam ambientalistas

Quando soube que tinha cancro pensei:
cheguei ao fim da vida!

Cérebro dos desportistas responde 82% mais rápido
em situações de forte pressão

Empresas pagam propinas aos melhores candidatos
a engenharia física da Universidade de Aveiro