Receba as notícias:

Portugal é dos países com maiores avanços em Biotecnologia

Ranking elaborado pela "Scientific American"

2011-07-18
Ranking começou a ser elaborado em 2009
Ranking começou a ser elaborado em 2009

Portugal, Espanha, República Checa e Brasil são dos países que registaram maiores avanços na área da biotecnologia, de acordo com um ranking elaborado pela "Scientific American".

O documento apresentado na convenção BIO International, que decorreu em Washington, nos EUA, “reflecte a força, o potencial e os desafios que cada país precisa de superar para melhorar a sua capacidade de inovar na área da biotecnologia”.

"É fascinante ver países que vivem em climas desfavoráveis [em termos de capacidade de inovação], mostrarem um crescimento consistente no nosso índice", afirmou Jeremy Abbate, editor chefe da "Scientific American", ao falar sobre o facto de entre os países com os rankings mais elevados estarem nações como Portugal e Espanha, que actualmente enfrentam fortes desafios económicos e financeiros.

"Alguns dos progressos mais notáveis registam-se em Portugal e Espanha. Estes países têm evoluído consistentemente na sua pontuação geral desde que começamos a elaborar este ranking em 2009", acrescentou.

"No caso de Portugal, a educação e a mão-de-obra [especializada] aumentaram quase 40 por cento desde 2009", sublinhou ainda Jeremy Abbate.

O editor da "Scientific American" destacou ainda o exemplo de países como o Brasil, que tem conseguido com sucesso aumentar a sua capacidade de captação de cérebros no país, e do México e da República Checa, dois países que também têm aumentado as suas pontuações no ranking desde a sua publicação inaugural.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Um Nobel de medicina que nem medicina sabe

Menopausa e a osteoporose: estudo premeia
investigadora de Coimbra

A revolução dos filmes de cristais líquidos

Abutre-preto volta ao Alentejo 40 anos depois

Grafeno mais sílica: a revolução
da indústria tecnológica do futuro

De como um smartphone pode controlar
a qualidade dos óleos de fritar

Cátedra do Real Madrid aprova projecto que envolve
a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

António Damásio profere conferência no Porto

Investigadora portuguesa revela novo método
de detecção precoce de cancro do pâncreas

Universidade da Beira Interior
com avanços no cancro da próstata

Investigadores portugueses distinguidos
por avanços na área da dor

Identidade, valores, modernidade: o meu livro
sobre o pensamento de Onésimo Teotónio Almeida

Nanopartícula entrega moléculas terapêuticas
a tumores cerebrais malignos

Portugal conquista prémio europeu
de conservação da natureza

E se lhe oferecerem um chão inteligente?

Plantas portuguesas dão origem a infusões de qualidade premium

CR7 já não é uma estrela! É uma galáxia!

EGO em Aveiro: uma peça do inventor da pílula

Estrutura social é importante na conservação de espécies

Philae acordou e mandou notícias

Coimbra indica nova direcção para o tratamento
dos vários tipos de cancro

Aveiro cria o anjo da guarda dos condutores

Cientista português financiado por March of Dimes
para estudar malária durante a gravidez

Barcelona cria sistema para avaliação cognitiva
de trabalhadores com deficiência cognitiva

José Carlos Príncipe: inovação e ciência
ao serviço das empresas

Dar uma mão ou uma pata
o que nos leva a ajudar os outros?

Metodologia inovadora no diagnóstico
e tratamento do cancro da mama

Cafeína é eficaz no combate à depressão
revela estudo internacional liderado pela UC

A cultura portuguesa e a cultura das ciências

Um olhar sobre o futuro do sistema
da “revisão por pares” na academia