Receba as notcias:

Estudar nas horas de sono prejudica desempenho escolar

2012-09-06
Estudar em vez de dormir no ajuda em vspera de exames
Estudar em vez de dormir no ajuda em vspera de exames
Com a chegada de Setembro e o regresso às aulas vêm todas as preocupações para um bom rendimento escolar e, muitas vezes, sacrificam-se horas de sono para estudar um pouco mais antes de um teste.

Um recente estudo desenvolvido pela Universidade da Califórnia, Los Angeles (Estados Unidos) demonstrou que os alunos que dormem pouco em véspera de exames, por exemplo, prejudicam o seu desempenho académico. A investigação foi publicada no «Child Development».
A equipa, constituída por Cari Gillen-O’Neel, Virginia Huynh e Andrew J. Fuligni, defende que o sucesso escolar depende de estratégias que evitem sacrificar as horas de descanso necessárias para um bom desempenho, reforçando que é importante manter o mesmo horário dedicado ao estudo todos os dias.

Para o estudo, os investigadores pediram a 535 estudantes, dos 14 a 18 anos, que relatassem durante duas semanas quantas horas estudavam e dormiam diariamente e que descrevessem eventuais dificuldades na escola, como problemas de compreensão, notas baixas, etc.

Segundo os resultados, os participantes que sacrificaram o sono para estudar mais, mesmo que tivessem dedicado mais tempo ao estudo, apresentaram piores resultados nos testes. Os investigadores asseveram que se esta dinâmica negativa acaba por prevalecer durante algum tempo
ngela Augusto
2014-10-31
17:20
muito verdade no que dizem sobre passarmos mais tempo acordados, ao ponto de se esquecermos de estudar as horas certas...
Prejudica muito no ensino-aprendizagem de um estudante porque; dormem nas aulas, no compreendem a matria porque naquele momento esto com muito sono, e se o professor(a) estiver a fazer uma Avaliao o aluno no vai conseguir responder porque no momento est com muito sono e no consegue repor os esses conhecimentos para responder uma pergunta correctamente...

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

ltimas notcias

Um Nobel de medicina que nem medicina sabe

Menopausa e a osteoporose: estudo premeia
investigadora de Coimbra

A revoluo dos filmes de cristais lquidos

Abutre-preto volta ao Alentejo 40 anos depois

Grafeno mais slica: a revoluo
da indstria tecnolgica do futuro

De como um smartphone pode controlar
a qualidade dos leos de fritar

Ctedra do Real Madrid aprova projecto que envolve
a Universidade de Trs-os-Montes e Alto Douro

Antnio Damsio profere conferncia no Porto

Investigadora portuguesa revela novo mtodo
de deteco precoce de cancro do pncreas

Universidade da Beira Interior
com avanos no cancro da prstata

Investigadores portugueses distinguidos
por avanos na rea da dor

Identidade, valores, modernidade: o meu livro
sobre o pensamento de Onsimo Teotnio Almeida

Nanopartcula entrega molculas teraputicas
a tumores cerebrais malignos

Portugal conquista prmio europeu
de conservao da natureza

E se lhe oferecerem um cho inteligente?

Plantas portuguesas do origem a infuses de qualidade premium

CR7 j no uma estrela! uma galxia!

EGO em Aveiro: uma pea do inventor da plula

Estrutura social importante na conservao de espcies

Philae acordou e mandou notcias

Coimbra indica nova direco para o tratamento
dos vrios tipos de cancro

Aveiro cria o anjo da guarda dos condutores

Cientista portugus financiado por March of Dimes
para estudar malria durante a gravidez

Barcelona cria sistema para avaliao cognitiva
de trabalhadores com deficincia cognitiva

Jos Carlos Prncipe: inovao e cincia
ao servio das empresas

Dar uma mo ou uma pata
o que nos leva a ajudar os outros?

Metodologia inovadora no diagnstico
e tratamento do cancro da mama

Cafena eficaz no combate depresso
revela estudo internacional liderado pela UC

A cultura portuguesa e a cultura das cincias

Um olhar sobre o futuro do sistema
da reviso por pares na academia