Receba as notcias:

Estudar nas horas de sono prejudica desempenho escolar

2012-09-06
Estudar em vez de dormir no ajuda em vspera de exames
Estudar em vez de dormir no ajuda em vspera de exames
Com a chegada de Setembro e o regresso às aulas vêm todas as preocupações para um bom rendimento escolar e, muitas vezes, sacrificam-se horas de sono para estudar um pouco mais antes de um teste.

Um recente estudo desenvolvido pela Universidade da Califórnia, Los Angeles (Estados Unidos) demonstrou que os alunos que dormem pouco em véspera de exames, por exemplo, prejudicam o seu desempenho académico. A investigação foi publicada no «Child Development».
A equipa, constituída por Cari Gillen-O’Neel, Virginia Huynh e Andrew J. Fuligni, defende que o sucesso escolar depende de estratégias que evitem sacrificar as horas de descanso necessárias para um bom desempenho, reforçando que é importante manter o mesmo horário dedicado ao estudo todos os dias.

Para o estudo, os investigadores pediram a 535 estudantes, dos 14 a 18 anos, que relatassem durante duas semanas quantas horas estudavam e dormiam diariamente e que descrevessem eventuais dificuldades na escola, como problemas de compreensão, notas baixas, etc.

Segundo os resultados, os participantes que sacrificaram o sono para estudar mais, mesmo que tivessem dedicado mais tempo ao estudo, apresentaram piores resultados nos testes. Os investigadores asseveram que se esta dinâmica negativa acaba por prevalecer durante algum tempo
ngela Augusto
2014-10-31
17:20
muito verdade no que dizem sobre passarmos mais tempo acordados, ao ponto de se esquecermos de estudar as horas certas...
Prejudica muito no ensino-aprendizagem de um estudante porque; dormem nas aulas, no compreendem a matria porque naquele momento esto com muito sono, e se o professor(a) estiver a fazer uma Avaliao o aluno no vai conseguir responder porque no momento est com muito sono e no consegue repor os esses conhecimentos para responder uma pergunta correctamente...

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

ltimas notcias

Insecto vai atacar uma das piores plantas invasoras em Portugal

Portugus na descoberta de que reduo de enzima
na doena de Parkinson abre portas a novos tratamentos

Viagem aos primrdios portugueses do darwinismo social

Descoberto mecanismo que permite melatonina
combater clulas cancergenas

Da eficcia do exerccio fsico no tratamento das depresses

Vacina contra o bola revela-se cem por cento eficaz

A verdade sobre a infertilidade

INSA e OMS lutam contra a obesidade infantil

Burro mirands em risco de extino

De como a diabetes afecta a fertilidade

UTAD e Federao Portuguesa de Voleibol avaliam
performance dos jogadores da seleco nacional

Portugal conquista pela primeira vez medalha
na Olimpada Internacional de Qumica

IST recebe 69 Milhes de horas
num dos supercomputadores mais rpidos do mundo

Criadores do Magalhes chegam ao Uruguai

Minho quer extrair colagnio da pele de tubaro

Hepatite C pode estar erradicada dentro de alguns anos

rea ardida em Portugal ter reduo drstica
se houver preveno de incndios

Milheirinhas: os machos mais coloridos
cuidam melhor da plumagem

Aveiro abre caminho ao tratamento do vrus bola

Rastreios gratuitos a cancro de cabea e pescoo
at sexta-feira em 12 hospitais

Universidades do Porto, Aveiro e Tcnica de Lisboa lideram
produo cientfica das instituies cientficas do Ensino Superior

Quimioterapia pode prejudicar doentes terminais

Todos os seropositivos devem receber terapia
independentemente da carga viral

Coimbra confirma eficcia de terapia inovadora
em vrios tipos de cancro

Exterior dos jardins de infncia no promove
desenvolvimento saudvel das crianas

Novo medicamento pode retardar Alzheimer

Torres Vedras campe do Mundo em robtica

Injeces em rvores vo controlar pragas de insectos

Oftalmologista portugus distinguido nos EUA

Jovem com VIH em remisso aps tratamento precoce