Receba as notícias:

Alunas de escola dos Açores representam Portugal
na CANSAT 2013

É o segundo ano que estudantes da EBS de Santa Maria chegam à final do concurso de mini-satélites da ESA

2013-02-05
A equipa Air Sat One
A equipa Air Sat One
Uma equipa composta por quatro alunas do 10º ano da Escola Básica e Secundária de Santa Maria (Açores) foi seleccionada pela Agência Espacial Europeia – ESA para representar Portugal na final da competição CANSAT 2013, a decorrer entre 10 e 14 de Abril próximo, em 't Harde, Holanda.

A equipa, denominada Air Sat One, e que está a ser orientada pelos professores Juan Nolasco e Hélder Chaves, esteve à conversa com o «Ciência Hoje» para explicar de que se trata este projecto.

Joana Baptista, a aluna responsável pelas telecomunicações, explicou que este é um “concurso de lançamento de satélites – que têm de caber numa lata de refrigerantes – e que devem efectuar duas missões”. A primeira, pré-definida e comum a todas as equipas, consiste na recolha dados relativos à altitude, a temperatura do ar, à pressão atmosférica e na sua transmissão para uma estação terrestre.

A segunda missão é definida pelas próprias equipas. “A nossa proposta foi uma missão de um voo autónomo de um planador; ou seja, fazer com que o mini-satélite volte em segurança para a terra depois de recolher os dados da missão primária”, explica Joana.

Mariana Sousa, responsável pelo software, acrescenta que a ideia da missão secundária “nasceu do facto da ilha ter um aeroporto construído ainda no contexto na II Guerra Mundial”, surgindo assim a ideia de um planador.

A proposta para a participação neste concurso, que o ano passado já tinha levado uma equipa da mesma escola à final, foi feita pelos professores, esclarece Rute Silva, encarregada da área da electrónica. “Fomos seleccionadas pelas notas de Físico-química”, diz, acrescentando que não estavam “nada à espera” de serem uma equipa finalista. “O facto de termos conseguido um óptimo lugar não nos cria expectativas nem nos pressiona, mas vamos dar o nosso melhor”.

A equipa tem “notado bastante interesse da parte da escola, bem como apoio da equipa que participou o ano passado”, refere Francisca Coelho, responsável pela parte de aerodinâmica do mini-satélite. “Temos todas muito gosto nesta área e tencionamos seguir a área das ciências em que estamos agora a trabalhar. Mas não sabemos ainda que 'paixão' vamos ter quando acabarmos o 12º ano. Só aí é que vamos decidir o que queremos fazer”, conclui.

NADIR DE OLIVEIRA VARGAS
2013-02-06
21:37
ENCONTREI DE MANEIRA CASUAL A PÁGINA DE VOCES.DEMOREI A PERCEBER QUE NÃO SE TRATAVA DE UMA PÁGINA BRASILEIRA.FUI TOMADA DE PURO ENCANTAMENTO QUANDO PERCEBI TRATAR-SE DE UMA PÁGINA PORTUGUESA. A FAMILIA DE MINHA MÃE TEM PORTUGAL POR ORIGEM, NÃO SABEMOS AO CERTO A LOCALIDADE, SUPOMOS SER DOS AÇORES.MINHA MÃE PERDEU OS PAIS AINDA NA INFÂNCIA E, DESTE MODO, A CULTURA FAMILIAR SE PERDEU; MAS, SÓ DE PENSAR QUE EU ESTOU ME COMUNICANDO, DE ALGUMA MANEIRA, COM O PAÍS DE CUJA CULTURA NOS ORIGINAMOS, FICO FELIZ.
FELICIDADES A TODOS QUE FAZEM O JORNAL.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Vacina contra o Ébola revela-se cem por cento eficaz

A verdade sobre a infertilidade

INSA e OMS lutam contra a obesidade infantil

Burro mirandês em risco de extinção

De como a diabetes afecta a fertilidade

UTAD e Federação Portuguesa de Voleibol avaliam
performance dos jogadores da selecção nacional

Portugal conquista pela primeira vez medalha
na Olimpíada Internacional de Química

IST recebe 69 Milhões de horas
num dos supercomputadores mais rápidos do mundo

Criadores do «Magalhães» chegam ao Uruguai

Minho quer extrair colagénio da pele de tubarão

Hepatite C “pode estar erradicada dentro de alguns anos”

Área ardida em Portugal terá redução drástica
se houver prevenção de incêndios

Milheirinhas: os machos mais coloridos
cuidam melhor da plumagem

Aveiro abre caminho ao tratamento do vírus Ébola

Rastreios gratuitos a cancro de cabeça e pescoço
até sexta-feira em 12 hospitais

Universidades do Porto, Aveiro e Técnica de Lisboa lideram
produção científica das instituições científicas do Ensino Superior

Quimioterapia pode prejudicar doentes terminais

Todos os seropositivos devem receber terapia
independentemente da carga viral

Coimbra confirma eficácia de terapia inovadora
em vários tipos de cancro

Exterior dos jardins de infância não promove
desenvolvimento saudável das crianças

Novo medicamento pode retardar Alzheimer

Torres Vedras campeã do Mundo em robótica

Injecções em árvores vão controlar pragas de insectos

Oftalmologista português distinguido nos EUA

Jovem com VIH em remissão após tratamento precoce

Portugal é o 12º país europeu com mais projectos
submetidos ao Horizon 2020

Perigos dos microplásticos e dos fármacos preocupam ambientalistas

Quando soube que tinha cancro pensei:
cheguei ao fim da vida!

Cérebro dos desportistas responde 82% mais rápido
em situações de forte pressão

Empresas pagam propinas aos melhores candidatos
a engenharia física da Universidade de Aveiro