Receba as notícias:

Jovens que vêem 20 horas de TV por semana
têm sémen de baixa qualidade

Estudo da Universidade de Harvard revela
que qualidade aumenta com a prática de exercício físico

2013-02-15
Praticar 15 ou mais horas de exercío por semana aumenta a qualidade do esperma (créditos: Patrick Gruban)
Praticar 15 ou mais horas de exercío por semana aumenta a qualidade do esperma (créditos: Patrick Gruban)

Segundo vários estudos, a qualidade do sémen tem vindo a decair nas últimas décadas. O comportamento sedentário parece estar ligado a esse facto.

Um novo estudo de investigadores da Universidade de Harvard – publicado no British «Journal of Sports Medicine» – vem agora comparar a qualidade do esperma de jovens com comportamentos distintos: os que assistem a mais de 20 horas de televisão por semana e os que praticam 15 horas ou mais de actividade física por semana. A concentração de espermatozóides revelou-se mais alta no segundo grupo.

Na análise participaram homens com idades compreendidas entre os 18 e os 22 anos. A qualidade do sémen foi avaliada a partir da concentração de espermatozóides, a sua motilidade, morfologia e contagem total.

A concentração e a contagem total estão, revela o estudo, directamente associadas à actividade física. Os jovens que praticavam 15 ou mais horas de exercício tinham 73 por cento mais concentração de espermatozóides do que os que se exercitavam apenas 5 horas.

Passar muitas horas sentado em frente à televisão faz com que os números baixem drasticamente. Os homens que assistiam a mais de 20 horas por semana de TV tinham 44 por cento menos concentração de espermatozóides do que aos não assistiam.

Estas medições, no entanto, explicam os investigadores, não estão associadas significativamente à motilidade dos espermatozóides ou à sua morfologia.

Artigo: Physical activity and television watching in relation to semen quality in young men

MARIA LUISA
2013-02-19
17:56
Quanto mais leio mais sinto vontade de ler.Porque? existe sempre um estudioso fazendo pesquisa.Olha esta realizada,recentemente por que é bom sabermos mais ainda sobre a utilidade em se praticar cada vez mais exercícios diários.Eu participo de um site que se chama não ligue a tv. E agora vejo o quanto ela influência nossos jovens.
Aderson Oliveira de Azevedo
2013-02-20
18:16
A redução de espermatosoide, esta ligada à radiações da TV ou à falta de atividades físicas?

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

Dê azeite ao seu coração

Dois jovens cientistas portugueses
entre oito distinguidos pela EMBO

Neste Natal dê o seu apoio ao Ciência Hoje

Efeitos da cafeína diferem com ou sem açúcar?

António Fernandes da Fonseca deixou a “sua marca”
na passagem pelo Mundo!

É possível estudar «cientificamente» as salsichas?
Universidades de Lisboa, Évora e Trás-os-Montes e Alto Douro fizeram investigação

UBI apresenta amanhã em Bruxelas
sistema de propulsão inovador

Podemos fazer algo para minimizar
ou mesmo evitar a demência?

"Santo graal da cardiologia" vence prémio Fundação Altran para a Inovação

Investigador da UC lidera investigação europeia
sobre as doenças de Parkinson e de Machado-Joseph

Equipa internacional revela o "big bang"
da evolução das aves

Henrique Leitão, vencedor do Prémio Pessoa:
“Um curso de física bem dado é uma verdadeira sinfonia”

Instituto do Território lança Agênca da Baixa Densidade

UC entre as instituições europeias que venceram
o projecto “Vida Saudável e Envelhecimento Activo”

Investigação científica da UE aberta para todos

Cientistas portugueses no vulcão da Ilha do Fogo

UC inaugura projecto pioneiro para resolver
problema da fruticultura nacional

Investigadores da UTAD promovem avanços significativos
na compreensão da doença de Alzheimer

Prémios Pfizer entregues hoje

“Espelho mágico” permite ver como as peças de roupa
de uma loja ficam na pessoa

Sexo de pinguins: como determiná-lo

Punir as crianças quando mentem não funciona

LED desenvolvido pela UA quer revolucionar tecnologia
que recebeu Nobel da Física

Habilidades de feira vs. bancos de escola

Beba vinho tinto! Pela sua saúde!

Aveiro «inventa» folha de fruta não comercializada

UMinho quer criar lentes e iluminação para daltónicos

Vinho e cultura melhores do que sol e areia
e Portugal pode beneficiar com isso

Desenvolvido em Espanha um modelo
para detectar a condução agressiva

Distinguido estudo do metabolismo
de células do cancro do pulmão