Receba as notícias:

Quatro pesquisadores na lista de mortos do voo 1907 da Gol

A Folha de S. Paulo revela quem eram e o que faziam

2006-10-03
Segundo o jornal brasileiro a Folha de S. Paulo, quatro investigadores pereceram no desastre do voo 1907 da companhia aérea GOL.  «A queda do vôo 1907 vitimou dois pesquisadores do Inpa (Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia), um da USP e outro do Instituto Agronômico de Campinas. Joana Darc, 53, era doutora em biologia, com ênfase em ecologia. Nascida em Uberaba (MG), possuía dois filhos. Além de integrar o Inpa, órgão vinculado ao Ministério da Ciência e Tecnologia, Darc também era professora da Universidade do Estado do Amazonas e coordenava o Programa Amazonas de Integração da Ciência no Interior», fiz A Folha.

Ainda segundo este diário de S. Paulo «seu colega Alexandre Barbosa dos Santos, 34, era engenheiro florestal, doutor em ecologia pela Universidade de Brasília. Ele trabalhava no Experimento de Grande Escala Biosfera-Atmosfera na Amazônia (LBA), sediado no Inpa. Coordenava um projeto em São Gabriel da Cachoeira e liderava pesquisas sobre micrometeorologia».

Refere ainda A Folha quem são os outros dois investigadores: «O professor da USP Francisco Nart, 48 anos, que viajou para Manaus na quarta-feira passada para avaliar os programas de pós-graduação da Universidade Federal do Amazonas, foi outra perda na área científica(...) Também estava no vôo 1907 a pesquisadora Marilene Bovi, 58, do Instituto Agronômico de Campinas»

Teresa Cristina
2006-10-07
20:44
A Doutora joana D'arc, falecida no vôo 1907 possuía três filhos, e não dois conforme artigo publicado.

Adicionar comentário:

Comentário
Nome:
Email:
Insira as letras na caixa
Ciência Hoje não publica comentários anónimos. Ciência Hoje só publica comentários identificados com nome e email para eventual posterior contacto. Ciência Hoje recusa publicar comentários insultuosos ou ataques pessoais.

Últimas notícias

O flagelo das alergias

«Vender» empregos é o que vai dar!

O grande desafio:
reparar autoestradas axonais para tratar lesões

Estudo avalia impacto da crise económica nos médicos

A burocracia e as TIC
(esta dádiva de algum deus suspeito!)

When bad news are good news for neurodegenerative diseases

Nova lei da investigação clínica
publicada hoje em Diário da República

Dor condiciona actividades diárias dos doentes mais idosos

Fraunhofer Portugal Challenge premeia a ciência nacional

Investigadores da UC localizam a distribuição celular
da proteína envolvida na Alzheimer

Cocktails de pesticidas prejudicam a saúde dos solos

Polémica das Ciências do Mar:
resposta ao coordenador do painel de avaliação

Cancro de Mama “Triplo-negativo” e Metástases do Cérebro
«vencem» bolsas de investigação da Associação Laço

Galaxy Zoo abre as portas do Universo

“Será realista o mundo de Avatar ?”

São João da Madeira vence “Dá Power ao Electrão”

“Jogar” na Sala de aula: estudo da UC defende
a utilização de dispositivos móveis no ensino

Fobias: quem tem medo compra um cão!

Bolsas para Ciências do Mar: críticas vindas a público
são totalmente desprovidas de fundamento

Estudo sociológico sobre jovens portugueses/as
vence prémio mundial

Alunos do secundário desvendam a física das partículas na UMinho

Sabe escolher azeite de qualidade?
Se vai só pela acidez está errado!

Projecto internacional da UA mostra vantagens
da iluminação pública inteligente com LED

Candidatos denunciam irregularidades
na atribuição de bolsas da FCT

Cientista português ligado
a nova investigação sobre Alzheimer

Cancro e diabetes: políticas a longo prazo
reduzem incidência de casos

Quinta do Seixo é caso de estudo
para especialistas europeus em biodiversidade

Trinta concorrentes disputam meia-final do FameLab

Veneno de caracol marinho letal pode facultar
novos tratamentos para a dor crónica em humanos

Cientistas portugueses no maior projecto da UE
contra a degradação dos solos europeus